Publicidade
Amazônia
Amazônia

Diamantes na Amazônia serão avaliados

Governo do Estado do Amazonas  cria  Grupo de Trabalho para avaliar o potencial de jazida de pedras  das pedras localizadas entre o Amazonas e Rondônia.  A primeira reunião para tratar sobre o assunto, está marcada para a próxima terça-feira(8) 05/01/2013 às 10:56
Show 1
GT para estudar a localização de kimbertilos (rocha bruta que contém diamantes) será formado por Semgrh, CRPM E DNPM
A Crítica ---

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Mineração, Geodiversidade e Recursos Hídricos (Semgrh), vai criar um grupo de trabalho para acompanhar as ações que estão sendo desenvolvidas pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM) na localização de kimberlitos (rocha que contém diamantes na forma primaria) no Estado.

 

A primeira reunião entre Semgrh e CPRM, para tratar sobre a formação do GT que vai acompanhar o desenrolar das pesquisas sobre a existência de jazidas de diamantes no Amazonas está marcada para a próxima terça-feira, dia 8 de janeiro. O Grupo de Trabalho também terá a participação do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM).

 

De acordo com o titular da Semgrh, Daniel Nava, a região Sul do Amazonas possui uma geodiversidade muito rica, e a secretaria dispõe de especialistas em diamantes que poderão contribuir com os estudos que estão sendo realizados pelo Serviço Geológico do Brasil.

 

“A Semgrh já trabalha em parceria com a CPRM no levantamento de novas oportunidades de negócios do setor mineral, seja na produção de minerais metálicos na região Nordeste do Amazonas, na produção de insumos agrominerais na região do Rio Madeira e Baixo Amazonas, e em commodities minerais de grande valor agregado como o ouro e diamantes, principalmente na região Sul do Estado do Amazonas”, afirma Daniel Nava.


*A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa