Publicidade
Amazônia
Cotidiano,Meio ambiente,Desenvolvimento Sustentável,Rio +20,economia verde, Chefes de Estado

Dilma é eleita para chefiar a Rio+20, e aposta no sucesso da conferência

Abertura oficial da conferência está marcada para as 16h. Líderes presentes no evento, poderão discursar por cinco minutos 21/06/2012 às 10:52
Show 1
Chefes de Estado irão avaliar o conteúdo do documento-base da conferência
Agência Brasil Rio de Janeiro

Ao assumir nesta quarta-feira (20) a presidência da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente, a Rio+20, a presidenta Dilma Rousseff reconheceu que há desafios a enfrentar, mas disse que o Brasil e o mundo têm condições de vencer as dificuldades e promover o desenvolvimento sustentável.

“O compromisso é complexo e urgente da agenda do desenvolvimento sustentável. Não tenho dúvidas de que estamos à altura dos desafios que nos impõem”, disse.

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, reiterou ainda que é necessário confiar e fazer um esforço conjunto para implementação do documento final que será anunciado no encerramento da reunião de cúpula, na próxima sexta-feira (22).

Segundo ele, é necessário “lutar contra o relógio” para construir um planeta sustentável. “estamos diante de um acordo histórico. A Rio+20 não é o fim, é o começo”, disse.

A abertura oficial da conferência está marcada para as 16h, com discursos de Dilma e Ki-moon. Outros líderes presentes no evento, como François Hollande (França) e Fernando Lugo (Paraguai), também poderão discursar por cinco minutos.