Publicidade
Amazônia
Amazônia

Focos de queimadas no Amazonas aumentam 100% em relação a 2011, diz Inpe

Somente nos primeiros 11 dias de setembro o Inpe registrou 1.084 focos de queimadas no Estado 12/09/2012 às 20:10
Show 1
Inpe detectou um total de 3.111 focos de queimadas no Amazonas
Elaíze Farias Manaus

Monitoramento do Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (Inpe) identificou um aumento de 100% no índice de focos de queimadas no Estado do Amazonas entre os dias 1º e 11 de setembro de 2012 em relação ao ano passado. Os focos de queimadas estão concentrados no sul do Amazonas. Até nesta terça-feira (11), o Inpe detectou 1.084 desde o início de setembro, segundo dados apresentados ao portal A CRÍTICA pelo coordenador de monitoramento de queimadas do Inpe, Alberto Setzer.

Em agosto deste ano, o Inpe detectou um total de 3.111 focos de queimadas no Amazonas, um valor 140% maior do que no mesmo mês do ano passado.

“Este ano está bem maior do que no ano passado. Mas temos que lembrar que este ano está sendo um pouco mais seco do que em 2011 em todo o Brasil, inclusive no sul do Amazonas. E as pessoas estão usando mais fogos”, disse Setzer.

Áreas protegidas

O aumento expressivo de focos de queimadas continua também nas unidades de conservação e terras indígenas do Amazonas. Nesta quarta-feira (12), os satélites do Inpe detectaram aumento de incêndio no Parque Nacional dos Campos Amazônicos, na Floresta Nacional do Iquiri, na Floresta Nacional de Tefé, na Reserva Extrativista do Médio Purus, Floresta Nacional do Purus, na Resex do Médio Juruá e no Parque Nacional do Mapinguari. Há também registro de queimadas na Terra Indígena Tenharim Marcelo, entre os municípios de Humaitá e Manicoré.

Setzer disse que uma operação do Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (PrevFogo), do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) está sendo realizada nas áreas para evitar a expansão das queimadas. A ação conta com apoio do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

O coordenador do PrevFogo no Amazonas, Agenor Vicente, confirmou o registro de queimadas nas áreas do sul do Amazonas e disse que as brigadas do Ibama já estão atuando. Ele disse que o incêndio mais preocupante é o que vem ocorrendo na TI Tenharim Marcelo.

“Ano passado ainda choveu um pouco por lá, mas este ano não. Sem falar que neste ano estão tacando fogo em todo canto. A maioria é de fazendeiros que querem limpar a juquira (mato que cresce no meio do pasto) com fogo”, disse Vicente.