Publicidade
Amazônia
Cotidiano,Conflitos agrários,Ibama,sul do Amazonas,trabalhadores rurais,Violência no Campo, Lábrea, Operação Tamanduá

Ibama faz operação contra desmatamento em área de conflito no sul do AM

Ação se concentra em Lábrea, em virtude das inúmeras ameaças de morte - contra agricultores e trabalhadores rurais -, oriundas de conflitos agrários 06/08/2012 às 19:26
Show 1
Gleba Gedeão abriga assentamento que não tem infraestrutura básica, luz elétrica, escolas ou postos de saúde. Lá vivia a agricultora Nilcilene Lima, ameaçada de morte por madeireiros ilegais
acritica.com Manaus

Enquanto os integrantes das Comissões da Amazônia, Integração Nacional e de Desenvolvimento Regional e de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados não definem a data para visitar o Sul do Amazonas, para se inteirar dos conflitos agrários que envolvem trabalhadores rurais da região, grileiros e madeireiros – crimes ambientais e violação dos direitos humanos – o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama),  realiza a Operação Tamanduá no sul de Lábrea – localizado a 702 quilômetros de Manaus -, em virtude da inúmera quantidade de denúncias sobre tais crimes na referida localidade.

As denúncias são oriundas de moradores próximos à região dos assentamentos do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), como Projeto de Desenvolvimento Extrativista (PDE) Gedeão, de onde a agricultora Nilcilene Miguel de Lima, se viu obrigada a sair do local, para não ser morta, em virtude das inúmeras.ameaças.

A operação Tamanduá conta com a parceria do Exército Brasileiro, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Sipam, Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio) e Força Nacional de Segurança. Ao todo um efetivo de aproximadamente cem pessoas participam das atividades fiscalizadoras da operação, visando a interrupção das ações ilegais de desmatamento, transporte ilegal de madeiras e crimes contra a vida.