Publicidade
Amazônia
Amazônia

Incêndio de grandes proporções atinge área verde na divisa do Amazonas com Roraima

As chamas tomaram conta da vegetação próxima às margens do Rio Jauaperi. O Corpo de Bombeiros do Amazonas enviou nesta segunda-feira (25) seis bombeiros especializados em combater incêndios florestais, além de equipamentos 25/01/2016 às 15:47
Show 1
O município mais próximo dessa localidade é o de Novo Airão
Acritica.com Manaus (AM)

Um incêndio de grandes proporções está ocorrendo nas margens do Rio Jauaperi, que faz limite entre o Amazonas e Roraima. Segundo a assessoria do Corpo de Bombeiros do Estado, a denúncia foi feita na última sexta-feira (22) por meio da página da corporação no Facebook, sendo confirmada posteriormente pela Defesa Civil estadual, através do coordenador regional, sargento André Souza, que acionou a Defesa Civil de Novo Airão em busca de mais informações.

De acordo com o tenente do Corpo de Bombeiros, Janderson Lopes, o coordenador da brigada em Novo Airão se prontificou a reunir brigadistas para atuar na área em conjunto com os bombeiros de Manaus que estão sendo enviados nesta segunda-feira (25).  

Ao todo serão enviados dez bombeiros, mas, nesta segunda-feira (25), partiram apenas seis,
devido à limitação de peso e de quantidade de pessoas que a aeronave locada pode levar

O Corpo de Bombeiros reuniu dez bombeiros especializados em combater incêndios florestais, além de equipamentos como bombas-costais, abafadores, enxadas, motobombas, e demais materiais de proteção individual para atuar no local. A equipe partiu por volta das 12h54 numa aeronave monomotor Caravan Anfíbio PP-RTA da empresa Rico, locada pela Casa Civil, sob a coordenação do capitão J. Wilson, especialista em Incêndio Florestal, e o tenente Márcio Lima, que vai comandar a operação no local.

Ao todo serão enviados dez bombeiros, mas, nesta segunda-feira (25), partiram apenas seis, devido à limitação de peso e de quantidade de pessoas que a aeronave pode levar. A previsão é de pousarem no lago Xixuaú, da comunidade Xixuaú, que fica em Roraima, na fronteira com o Amazonas, de onde partirão para combater o incêndio. Os outros quatro bombeiros partirão na manhã de terça-feira (26). A previsão é de 1h30min de voo.

Ocorrência

A denúncia sobre o incêndio foi realizada na sexta-feira (22) por Chiara Tosi na página do Corpo de Bombeiros no Facebook. Segundo a mesma, os ribeirinhos da região iniciaram o combate ao fogo, mas se encontravam sem condições de conter as chamas, dada a sua dimensão.

Ela informou ainda que não há comunicação telefônica no local, apenas Internet e por isso estava utilizando esse meio de comunicação. As coordenadas GPS foram dadas, saindo de Moura ao longo do Rio Jauaperi, para a localização do incêndio: 0º47’48.52” S  e 61º 33’9.37” O. Ela relatou que o fogo estaria a 70 km da Boca do Jauaperi.

Estatísticas

Conforme dados do Instituto de Pesquisas Espaciais (INPE), o Amazonas já registrou até esta segunda-feira (25) 362 focos de calor, recorde para o mês de janeiro, desde que foram iniciadas as estatísticas em 1998. O recorde anterior foi em 2010, com 82 focos em todo mês.

Queimadas

Até o presente momento, o Corpo de Bombeiros do Amazonas já atuou em 35 ocorrências de incêndio em vegetação (entre pequenos e grandes focos, na capital e interior), número acima das sete ocorrências registradas em janeiro de 2015.