Publicidade
Amazônia
Amazônia

Indígenas de Tabatinga (AM) iniciam megamaloca no valor de R$ 40 mil

Uma cópia do projeto foi entregue ao secretário de Estado para os Povos Indígenas (Seind), Bonifacio Baniwa, para análise 12/05/2012 às 10:25
Show 1
Edson e José, da associação kokama, entregam projeto a Bonifacio Baniwa
a crítica ---

Lideranças da Associação dos Moradores Indígenas Kokama (Amikct) do Município de Tabatinga (a 1.105 quilômetros de Manaus) apresentaram um projeto de construção de uma “megamaloca” no município. O valor do projeto é de R$ 40 mil e a proposta é transformar o local num espaço cultural dentro da zona urbana da cidade e beneficiar 300 famílias kokamas. Uma cópia do projeto foi entregue ao secretário de Estado para os Povos Indígenas (Seind), Bonifacio Baniwa, para análise.

Apesar da falta de recursos, a maloca já começou a ser construída pelos próprios indígenas numa área de 30 metros quadrados. “Temos 30% de maloca construída, graças a doações, mas precisamos dar continuidade à obra, pois hoje desenvolvemos trabalhos e reuniões a céu aberto, pegando sol e chuva”, explicou o especialista em educação ambiental indígena, Édson Carlos, 38, que esteve na Seind acompanhado pelo coordenador da Amikct, José Ferreira, 50.

Além da maloca, as lideranças solicitaram apoio da Seind para resolução de questões como aposentadoria dos idosos e licença maternidade das mães. Édson e José devem retornar amanhã para Tabatinga e pretendem dar continuidade ao planejamento de um grande evento, marcado para o dia 22 de junho, alusivo ao aniversário de nove anos da comunidade.