Publicidade
Amazônia
Cotidiano, Meio Ambiente, Desmatamento, Rio +20, Greenpeace, Ciberativismo, Florestas

Mais de 390 mil pessoas aderem à campanha Desmatamento Zero

No Dia de Proteção às Florestas, Greenpeace realiza ofensiva virtual para obter assinaturas para projeto de lei popular, voltado para a preservação das florestas 17/07/2012 às 18:12
Show 1
Vista áerea da Floresta Amazônica
Síntia Maciel Manaus

Até às 18h desta terça-feira (17), um total de 399.445 pessoas já haviam assinado virtualmente a petição da campanha Desmatamento Zero, lançada em março deste ano, pela organização não governamental Greenpeace, referente a um projeto de lei popular, que deverá ser enviado ao Congresso Nacional.  

Nesta terça-feira, por conta do Dia de Proteção às Florestas, a entidade realizou uma ofensiva virtual, com as hashtags #BrasilcomFlorestas e #DesmatamentoZero, além de divulgar em seu site a campanha.

Com aproximadamente um terço da meta – a proposta é obter 1,4 milhão de assinaturas até 2013 -, de acordo com a integrante da Campanha da Amazônia do Greenpeace, Caroline Donatti, a organização deverá intensificar ainda mais a campanha em várias frentes.

“A mobilização pela internet é grande, e quem assina divulga para os amigos. A campanha vem sendo trabalhada há quatro meses, e como temos um ano e meio pela frente, vamos adotar outras estratégias, explicar o objetivo dela, e incentivar a participação de mais pessoas”, salienta.  

Apesar de mais de 390 mil pessoas já terem aderido à proposta, os estados da região Norte não aparecem entre os quatro primeiro colocados do ranking de adesão. Boa parte das assinaturas, segundo os dados do Greenpeace são oriundas de São Paulo, Rio de Janeiro Rio Grande do Sul e Paraná.

“Uma série de fatores influem para esse número, como a banda em que a pessoa navega, o engajamento ambiental, as noções de cidadania, entre outras”, salienta.

Iniciativa Popular
O projeto Desmatamento Zero, ao obter as 1,4 milhão de assinatura, deverá ser encaminhado ao Congresso Nacional – assim como o foi o Ficha Limpa -, e dispõem apenas de cinco artigos.