Publicidade
Amazônia
FISCALIZAÇÃO

Operação apreende ouro, mercúrio e emite R$ 11 milhões em multa por garimpo

Ação realizada entre os dias 11 e 15 deste mês, entre as reservas do Rio Madeira e Juma, flagrou 21 dragas vindas de Porto Velho em atividade ilegal 18/03/2017 às 11:11 - Atualizado em 18/03/2017 às 11:18
Show garimpo
Ação foi realizada pelo Ibama, Ipaam e Batalhão Ambiental
acritica.com Manaus (AM)

Uma operação realizada entre os dias 11 e 15 de março nos municípios de Novo Aripuanã e Manicoré emitiu 48 autos de infração e mais de R$ 11 milhões em multa por conta da atividade ilegal de garimpo.

Batalhão Ambiental da Polícia Militar, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e Instituto de Proteção Ambiental do Estado do Amazonas (Ipaam) participaram da ação.

Segundo o Batalhão Ambiental, foi apreendido 1,28 kg de ouro e mais sete frascos de mercúrio, metal tóxico e danoso ao meio ambiente e à saúde humana que é jogado no rio durante a atividade de garimpo.

De acordo com o Batalhão, a ação foi realizada entre as reservas de desenvolvimento sustentável do Rio Madeira e do Juma, onde foram abordadas 21 dragas de grande porte, usadas para o garimpo de ouro, que faziam exploração ilegal. Segundo o órgão, todas foram apreendidas, autuadas e obrigadas a se retirar do local com destino ao seu porto de origem, Porto Velho (RO).