Publicidade
Amazônia
Cotidiano, |Meio Ambiente, Crimes Ambientais, Operação Azimbre II, Ibama, ICMBio, Batalhão Ambiental, Anavilhanas, Novo Airão

Operação no AM resulta em mais de R$ 29 milhões em multa, contra crimes ambientais

Ações realizadas entre Ibama, ICMBio e Batalhão Ambiental se concentraram na região do Parque Nacional de Anavailhanas e município de Novo Airão, no período de 1º a 15 de outubro 22/10/2012 às 18:55
Show 1
Algumas das madeiras apreendidas durante a Operação Azimbre II
acritica.com Manaus

Mais de 30 tracajás; 360 kg de pirarucu; 540 kg de pescados diversos. 6 mil ovos de quelônios e mais de 6 mil metros cúbicos de madeira da espécie Seringa foram apreendidos no período de 1º a 15 de outubro, durante a Operação Azimbre II, deflagrada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recurso Naturais Renováveis (Ibama), em parceria com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e o Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAmb), da Polícia Militar.

As ações se concentraram na região do Parque Nacional de Anavilhanas e no município de Novo Airão – a 115 quilômetros de Manaus. Também foram apreendidos uma moto serra, um barco de pesca, três canoas, quatro motores do tipo rabeta e entre outros maquinários. Os órgãos responsáveis pela operação aplicaram autos de infrações, em pelo menos oito pessoas, que somados resultam em mais de R$ 29 milhões em multas.

Há aproximadamente um ano as referidas áreas não passavam por patrulhamento e fiscalizações, o que contribuiu para que os órgãos responsáveis deflagrassem a operação. Em detrimento a vazante dos rios amazônicos as referidas localidades se tornam alvos de crimes ambientais.  

A operação teve início com abordagens nas embarcações regionais e recreios, que acarretaram em diversas apreensões e autos de infrações.

Todo material apreendido recebeu as devidas destinações conforme suas normativas registradas nas leis de meio ambiente. Os órgãos envolvidos na Azimbre II não descartam a possibilidade de realizar outras operações no Amazonas ainda este ano.