Publicidade
Amazônia
Amazônia

Operação 'Sulamba' apreende 940 alevinos de Aruanã em Tabatinga, interior do Amazonas

Os alevinos eram provenientes do Rio Negro, município de Novo Airão, e teriam como destino a Colômbia, onde seriam comercializados como peixes ornamentais 26/03/2012 às 10:23
Show 1
Os alevinos possuíam em média quatro centímetros e estavam acondicionados em duas malas, dentro de sacos plásticos com água
acritica.com Manaus

A Operação ‘Sulamba’, realizada pelo IBAMA no município de Tabatinga (distante a 1.106 quilômetros de Manaus) - fronteira entre Brasil e Colômbia - apreendeu nesse domingo (25), 940 alevinos de aruanã-negra (Osteoglossum ferrerai), após flagrante da Polícia Federal durante inspeção de bagagens no Aeroporto de Tabatinga (AM). O IBAMA que está em operação na região foi chamado para realizar os procedimentos.

A autuação foi de R$ 68.800,00 por transporte de espécimes abaixo do tamanho mínimo permitido, que é de 40 centímetros, conforme Portaria do IBAMA-AM nº 01/2001.

Os alevinos eram provenientes do Rio Negro, município de Novo Airão (distante a 115 quilômetros de Manaus), e teriam como destino a Colômbia, onde seriam comercializados como peixes ornamentais. Eles possuíam em média quatro centímetros e estavam acondicionados em duas malas, dentro de sacos plásticos com água.

Todos os alevinos de aruanã-negra apreendidos foram devolvidos à natureza.

A Operação Sulamba (como os ribeirinhos amazonenses também denominam o peixe aruanã) é uma parceria com a Polícia Federal, FUNAI, Receita Federal, Capitania dos Portos e Exército.