Publicidade
Amazônia
Amazônia

Parque Nacional de Anavilhanas, no Amazonas, ganha mapa turístico

A publicação será apresentada nesta sexta-feira (13), pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a partir das 15 horas, no município de Novo Airão (AM) 12/04/2012 às 13:19
Show 1
O Parque Nacional de Anavilhanas, no Amazonas, é uma das unidades de conservação que vem sofrendo pressão por conta do desmatamento e exploração de areia e madeira
acritica.com Manaus (AM)

Um mapa turístico do Parque Nacional de Anavilhanas vai ajudar a nortear o turismo na região. A publicação, que contém os principais atrativos turísticos e atividades do Parque, além de informações sobre serviços de hospedagem, transporte e alimentação da localidade, com destaque para a cidade de Novo Airão (a 115 quilômetros de Manaus), será apresentada nesta sexta-feira (13), pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a partir das 15 horas, no município.

O mapa será distribuído para os visitantes do Parque e empresários das proximidades. Os interessados em obter a publicação podem encontrá-la na recepção do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), no Centro de Atendimento ao Turista (CAT) ou em Hotéis da região.

A apresentação do Mapa acontece na sede da Fundação Almerinda Malaquias (FAM) e reuni empresários do setor, profissionais autônomos, ambientalistas, representantes de órgão públicos e parlamentares.  Participam do Evento representantes do Ministério do Turismo, Sebrae Amazonas e Sebrae  Nacional.  

Ainda durante o lançamento será divulgada a liberação da Portaria número 47, de 9 de abril de 2012, de Ordenamento do Uso Público do Parque Nacional de Anavilhanas, que estabelece, entre outras coisas, normas de ordenamento de licitações para empresas privadas que desejem atuar no Parque. A Portaria foi assinada pelo presidente do ICMBIO, Roberto Vicentin.

Além da concessão de empresas privadas junto ao órgão a Portaria torna pública a permissão das seguintes modalidades no Parque: trilha de terra firme, trilhas aquáticas, parada nas ilhas, observação de fauna, voo panorâmico, entre outros.

O mapa turístico é um produto desenvolvido por meio do projeto do Sebrae ‘Fomento do Turismo em Parques Nacionais e Entornos’, cujo objeto é a integração, qualificação e ativação dos segmentos empresariais atuantes na cadeia produtiva do turismo nos entornos dos Parque Nacionais.


Mapa será distribuído aos visitantes e empresários da região (Divulgação)

O projeto é implementado em cinco parques brasileiros, entres eles estão, o Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha, Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, Parque Nacional da Serra dos Órgãos, Parque Nacional Aparados da Serra e o Parque Nacional de Anavilhanas, que possui uma área de aproximadamente 350 mil hectares e está localizado a 40 quilômetros da cidade de Manaus.

Segundo o gestor do projeto no Amazonas, Fábio Souza, as ações incluem realizações de palestras, cursos, treinamentos, planos de divulgação dos atrativos turísticos e integração das empresas turísticas da região com o ICMBio, órgão ambiental que gerencia o Parque.

Ainda de acordo com o gestor, essa integração faz com que as empresas e o ICMBio entrem em comum acordo com a questão da preservação ambiental e crescimento do Parque. Além do bom relacionamento com o órgão ambiental, os empresários ganham aprimoramento, qualificação e divulgação de seus produtos por meios de cursos, consultorias e feiras que o ICMBio oferece.

Parque

O Parque visa conservar o arquipélago fluvial e as diversas formações florestais de Anavilhanas, além de estimular o conhecimento por meio da pesquisa e da educação ambiental apoiando o turismo de forma sustentável gerando assim, renda para as comunidades que vivem em seus entornos.

Acessos

Pode-se chegar a Novo Airão por duas principais formas de acesso. De carro, partindo de Manaus, pela Ponte Rio Negro, seguindo pela Rodovia Manuel Urbano (AM-070) em direção a Manacapuru. Deve-se pegar o acesso a direita no quilômetro 80 para a Rodovia Samuel Benchimol (AM-352), seguindo em direção a Novo Airão por mais 98 km. As estradas são afastadas e as condições são razoavelmente boas o ano inteiro. Em média completa-se o trajeto em 2h30. Outra forma é por via fluvial. Há barcos regionais e lanchas rápidas, que levam de 3 a 9 horas, respectivamente, até Novo Airão.