Publicidade
Amazônia
Amazônia

Produção Sustentável e viável para os ribeirinhos

Não basta apenas construir casas na floresta, é fundamental oferecer condições técnicas para uma produção sustentável e viável para os ribeirinho 12/02/2012 às 16:47
Show 1
Vila Cujubim com 24 residências de madeira e toda uma infraestrutura com água e luz( gerador)
Antônio Ximenes Jutaí (AM)

Não basta apenas construir casas na floresta, é fundamental oferecer condições técnicas para uma produção sustentável e viável para os ribeirinhos. Foi pensando nesta direção, que os parceiros da FAS no projeto da vila Cujubim se articularam.

“Nós estamos trazendo 400 galinhas caipiras para que eles tenham ovos à disposição; fortalecemos o corte da borracha, através da abertura de novas estradas e fornecendo kits para os seringueiros; o manejo do pirarucu em lagos é uma das nossas prioridades para geração de renda; e o manejo da madeira já começa a ser introduzido ”, disse Marildo Ximendes , coordenador do Idam local.

Cantina

Uma cantina com diversos produtos de primeira necessidade serve como entreposto, para que os ribeirinhos possam comprar os alimentos necessários, dando em troca óleos de copaíba e andiroba, peixes salgados, como pirara e pirarucu, entre outros produtos da floresta e dos rios. Após o registro contábil, eles são levados para serem comercializados em Jutaí, com preços mais competitivos. Desta forma, a figura do atravessador, o regatão, sai de cena.

Malária

Na saúde, uma equipe formada por um agente de endemias Amazonas Fernandes de Souza e Maria Teixeira dos Santos, microscopista, combatem a malária. Em 2011, quando a vila não estava pronta, foram registrados 33 casos. Em 2012, 14 pessoas foram infectadas pela malária. “Aqui é uma região endêmica, mas nós adotamos um sistema de mosquiteiros com químicos, que tem ajudado a reduzir a malária dentro de casa e ainda fazemos o fumacê ”, disse Amazonas Souza.