Publicidade
Amazônia
Amazônia

Produtores de Anori (AM) recebem apoio para criação de peixes e citricultura

Alevinos foram distribuídos pelo Idam aos piscicultores em parceria com a prefeitura municipal. Unidade Demonstrativa de Citros foi instalada na propriedade do agricultor 21/03/2012 às 14:59
Show 1
Piscicultores conhecem manejo para obter sucesso na atividade
acritica.com Manaus (AM)

Piscicultores do município de Anori (distante a 195 quilômetros de Manaus) receberam cerca 45 mil alevinos de tambaqui nesta terça-feira (20), da unidade local do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário Florestal e Sustentável do Amazonas - Idam/Anori, para a criação de peixes no município.

Os alevinos foram adquiridos a partir de uma Unidade Demonstrativa de criação de pós-larvas, implantada pelo Idam em parceria com a prefeitura municipal, com o apoio dos alunos de Aquicultura e Pesca do Instituto Federal do Amazonas (Ifam). Num período de 50 dias os alevinos já estavam disponíveis para doação.

Segundo o técnico do Idam, David Moura a iniciativa oferece aos agricultores a possibilidade de produzir peixes de procedência legal, em tanques ou açudes.  Ainda de acordo com ele, a iniciativa permite, também, melhorar a qualidade de vida do homem do campo.

Apoio à citricultura

Uma Unidade Demonstrativa de Citros foi instalada pelo Idam, na propriedade do agricultor Francisco de Assis, localizada no km 11, da estrada Anori-Anamã. O espaço visa incentivar o cultivo da laranja, atividade que já vem ganhando destaque no município, mas que por conta da enchente tem a produção reduzida.

De acordo com o gerente do Idam, Jean Frank Magalhães, outras ações também estão sendo desenvolvidas no município, como o Programa Meu Pé de Laranja, que vai disponibilizar mudas de laranjas enxertadas destinadas ao plantio de quintais, típico do município.

A ideia é aumentar a quantidade de área plantada no município. Uma forma de favorecer a cidade, considerada a terra da laranja. “Estes são alguns de vários incentivos que o Idam/Anori vem realizando em prol do desenvolvimento do setor primário local”, finalizou o gerente.