Publicidade
Amazônia
Cotidiano,Meio Ambiente,Desmatamento,Imazon,SAD, Amazônia Legal, Google

Relatório aponta o Pará como o estado com maior área desmatada, no mês de junho

De acordo com dados do Imazon, divulgados nesta sexta (20), desmatameno na Amazônia Legal foi de 34,5 km², durante junho deste ano 20/07/2012 às 17:55
Show 1
Dos 34,5 km² de desmatamento verificado na Amazônia Legal, em junho, 60% deles ocorreram no Pará
Síntia Maciel Manaus

O Pará foi o estado da Amazônia Legal, onde de acordo com o Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD) foi verificado o maior índice de desmatamento (60%), seguido do Amazonas (28%), Rondônia (6%) e Mato Grosso (6%), durante o último mês de junho.

Os referidos dados fazem parte do relatório do Imazon, divulgados na tarde desta sexta-feira (20).  

Conforme o estudo, o SAD detectou um desmatamento de 34,5 quilômetros quadrados,  na Amazônia Legal, durante junho deste ano, o que representou uma redução de 66%, em relação ao mesmo período do ano passado – em 2001 foram identificados mais de 100 quilômetros quadrados desmatados.

Tecnologia
A identificação das áreas desmatadas da Amazônia Legal, durante o mês de junho, contou com o auxílio de um sistema desenvolvido pela Google, o Google Earth Engine. A plataforma, batizada de SAD-EE, disponibiliza os dados e as ferramentas de processamento de imagens de satélites, edição de mapas digitais e validação do mapeamento que rodam nas nuvens de computadores da Google.

O referido sistema reduz o tempo para pré-processamento, análise e divulgação dos dados, e chega até 50% do tempo para gerar os alertas, dando maior agilidade no processamento das informações e possibilitando a detecção do desmatamento em áreas além das fronteiras da Amazônia Brasileira.

A nova tecnologia se encontra disponível às instituições de outros países, possibilitando o monitoramento em escala global.