Publicidade
Amazônia
Cotidiano, Cheia, enchente, AAM, Ministério da Integração, Verbas Federais

Repasse de verba federal às vítimas da cheia no AM é discutido em Manaus

Um dos critérios iniciais, para a distribuição dos R$ 10 milhões repassados pelo Ministério da Integração foi o número de famílias afetadas 21/05/2012 às 15:37
Show 1
Anamã, município mais afetado pela cheia no Estado em 2009 e em 2012, enfrenta dificuldades pela segunda vez em três anos; sede está totalmente embaixo d’água
Síntia Maciel Manaus

Os critérios de distribuição dos R$ 10 milhões disponibilizados pelo Ministério da Integração, para atender as vítimas da cheia no Amazonas, é a principal pauta a ser discutida na manhã desta segunda-feira (21), em Manaus, pelos prefeitos dos municípios afetados.     

As discussões serão coordenadas pelo presidente da Associação Amazonense de Municípios (AAM) e prefeito de Manaquiri, Jair Souto (PMDB).

Um dos critérios iniciais, propostos para a distribuição da verba federal seria pelo número de famílias atingidas pela cheia. Entretanto, em virtude de discordâncias entre prefeitos, tal opção ficou em segundo plano.

Os municípios de Anamã, Careiro da Várzea e São Paulo de Olivença, são as três cidades que se encontram mais afetadas pela cheia histórica de 2012.

A partir das propostas analisadas e aprovadas na reunião desta segunda, o dinheiro deverá ser repassado.

A reunião ocorre na sede da AAM, no bairro Nossa Senhora das Graças, na Zona Centro-Sul de Manaus, onde ao menos 19 prefeitos participam do encontro.