Publicidade
Amazônia
Cotidiano, Política, Índios, Políticas Públicas, CCJ, Loman, Câmara de Municipal de Manaus

Tramita na CMM projeto que prevê acesso à educação indígena bilíngue em Manaus

Cerca de 80 mil indígenas devem ser beneficiados com acesso ao ensino regular ministrado de forma intercultural e bilíngue, com o idioma da etnia indígena e em português 18/09/2012 às 13:06
Show 1
Cerca de 80 mil indígenas devem ser beneficiados com ensino regular ministrado de forma intercultural e bilíngue
acritica.com Manaus

O Projeto de Emenda a Lei Orgânica do Município de Manaus (Loman) que trata da valorização e proteção da cultura indígena, recebeu parecer favorável da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ), da Câmara Municipal de Manaus (CMM).

O projeto de autoria do vereador Waldemir José (PT) tramita agora na Comissão de Finanças, Economia e Orçamento.

Waldemir José explica que o projeto visa assegurar às comunidades indígenas que moram em Manaus, acesso ao ensino regular ministrado de forma intercultural e bilíngue, ou seja, no idioma falado em cada uma das comunidades indígena e também em português.

A proposta inclui a seção IV e o artigo 370-A e parágrafos na Loman. Quando aprovado, ele vai beneficiar cerca de 80 mil índios, de várias etnias, que moram em Manaus.

De acordo com o projeto, “o Município promoverá e incentivará formas de valorização e proteção da cultura indígena, de suas tradições, dos usos e costumes e da religiosidade”.