Publicidade
Amazônia
MEIO AMBIENTE

Três municípios do AM entram para lista de prioridade de ações contra o desmatamento

Lista já contava com os municípios de Lábrea e Boca do Acre, presentes desde 2008 e 2011, respectivamente 13/09/2017 às 20:42
Show show capturar
(Foto: Reprodução/Internet)
Tiago Melo Manaus (AM)

Três municípios do Estado do Amazonas - Apuí, Manicoré e Novo Aripuanã - passaram a figurar na lista de locais prioritários para receber ações de prevenção, monitoramente e controle de desmatamento. A lista já contava com os municípios de Lábrea e Boca do Acre, presentes desde 2008 e 2011, respectivamente.

De acordo com a portaria nº 360, publicada no dia 8 de setembro no Diário Oficial da União, os critérios para a inclusão na lista são: área total de floresta desmatada em 2016 igual ou superior a 80 km²; área total de floresta desmatada nos últimos três anos igual ou superior 160 km²; e aumento da taxa de desmatamento em pelo menos três, dos últimos cinco anos.

Ao todo, a lista possui 39 municípios, sendo cinco do Amazonas, dois do Maranhão, dez do Mato Grosso, 14 do Pará, sete de Rondônia e um de Roraima. Das 39 localidades, apenas oito entraram na categoria este ano. Os demais municípios já figuravam nas edições anteriores da lista.

O documento do Ministério de Estado do Meio Ambiente apresenta também a lista de municípios com desmatamento monitorado e sob controle. Dos 21 municípios que constam nela, nenhum deles é do Estado do Amazonas.

Ainda segundo a portaria nº 360, um dos critérios para inclusão na lista de municípios com desmatamento monitorado e sob controle é manter o desmatamento inferior a 40 km² nos últimos quatro anos; além de possuir 80% de seu território, excetuadas as unidade de conservação de domínio público e terras indígenas homologadas, com imóveis rurais devidamente monitorados por meio do Cadastro Ambiental Rural, registrado no Sistema Nacional de Cadastro Rural.