Publicidade
Amazônia
Amazônia

Volume de chuvas no Amazonas continuará acima dos padrões climatológicos, diz Sipam

Boletim divulgado nesta quarta-feira diz que a Região Metropolitana de Manaus continuará registrando muita chuva 01/02/2012 às 15:16
Show 1
Chuva em Manaus continuará acima da média
acritica.com Manaus

As chuvas deste primeiro trimestre de 2012 devem ser acima dos padrões climatológicos no centro e leste do Amazonas. A área inclui a região metropolitana de Manaus. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (01) pelo Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), por meio de seu boletim meteorológico divulgado a cada três meses.

A meteorologista Ana Cleide Bezerra diz que o mesmo prognóstico de muita chuva inclui também os Estados do Amapá, a parte norte do Pará (abrangendo o Baixo Amazonas, região do Marajó e região metropolitana de Belém), o sul do Tocantins, o Acre, o centro-sul de Rondônia, e oeste e noroeste do Mato Grosso.

Continuará abaixo do padrão climatológico o centro-leste e nordeste do Maranhão. As temperaturas devem ficar abaixo dos padrões climatológicos no Acre, centro-sul de Rondônia, oeste e sudoeste do Mato Grosso. Acima da média no leste Maranhense.

O norte de Roraima apresenta índices abaixo de 50 mm, pois a região encontra-se no auge do período de estiagem, mas durante o mês de abril o Estado experimenta um aumento progressivo do volume de chuva.

La Niña

O boletim informa que o comportamento da chuva durante o início do trimestre mostra os maiores valores da chuva ainda favorecidos pelos sucessivos episódios de Zona de Convergência Intertropical (ZCAS), típicos do verão do hemisfério sul.

O boletim confirma enfraquecimento do  fenômeno La Niña nos próximos meses por conta das análises  e prognósticos de modelos numéricos, as águas superficiais na região do Oceano Pacífico.

Segundo Ana Cleide Bezerra, em relação ao Atlântico Tropical, no norte o predomínio deverá ser de áreas mais aquecidas que o normal.

Entretanto, no Atlântico Subtropical Sul, as anomalias negativas de TSM na costa brasileira ainda deverão persistir, interferindo na dinâmica dos sistemas frontais.

“A Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) na porção sul da Amazônia e a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) no extremo norte da Amazônia são sistemas que atuam normalmente durante o período e deverão atuar com mais freqüência na região gerando chuvas acima do padrão normal em algumas áreas da Amazônia”, finalizou a meteorologista.