Publicidade
Manaus Hoje
PRISÃO

Casal envolvido em golpe contra hospital de Manaus é preso pela polícia

De acordo com a polícia mais de R$ 1,5 milhões foram desviados pelo casal que fazia parte da quadrilha que deu golpe de R$ 6 milhões na Unimed Manaus 11/10/2017 às 12:27 - Atualizado em 11/10/2017 às 14:27
Show aasldkasdlan sd
(Foto: Jander Robson)
Dani Brito Manaus (AM)

Mais duas pessoas envolvidas no golpe de R$ 6 milhões contra uma rede de saúde Unimed Manaus foram apresentadas pela polícia na manhã desta quarta-feira (11). Trata-se de Marineide do Vale Maia, 33, que era supervisora financeira do hospital, e do companheiro dela, Renildo da Cruz Teixeira, 37. O casal é investigado por desviar o dinheiro juntamente com mais seis pessoas desde janeiro de 2016.

De acordo com o delegado Rafael Guevara, do 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP), o casal foi preso na casa dos pais de Renildo, na rua Jorge Marques, núcleo 16 do bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus. Foram desviados pelo casal mais de R$1,5 milhões.

"No esquema criminoso os conjugues dos funcionários envolvidos tinham o papel de emprestar o CPF para que o dinheiro desviado fosse depositado. Desta forma este casal teve em conta pouco mais de R$ 1,5 milhões. Com o dinheiro ganho eles reformaram a casa deles, no bairro Cidade Nova e compraram carro novo", disse.

Na delegacia eles disseram que não eram os chefes da associação criminosa e que estavam dispostos a colaborar com as investigações. A polícia ainda procura o gerente financeiro Flávio Lavareda Leão, 35, o companheiro dele, Alexandre Holanda do Nascimento, 37, o analista financeiro Diego da Silva Martins, 31, e a companheira dele, Cássia Bentes Marina, 37.

A outra integrante do grupo, identificada como Silvia Borges Nogueira, 35, já havia sido presa no último dia 28 de setembro, no entanto, ontem (10) a mesma foi colocada em liberdade pela Justiça.

Em nota divulgada à imprensa, a Unimed Manaus informou que manteve silêncio durante o período das investigações para não atrapalhar o trabalho da polícia. “Continuaremos a contribuir com todas as informações necessárias e reiteramos nossa confiança no trabalho que vem sendo feito pela polícia para a resolução do caso”

LEIA MAIS

Polícia prende integrante de grupo que desviou R$ 6 milhões de hospital particular

Publicidade
Publicidade