Publicidade
Manaus Hoje
HOMICÍDIO

Disputa por domínio de comércio de carvão motiva assassinato em Itacoatiara

Homem foi preso apontado como mandante da morte do empresário do Raimundo Souza Batista, 45, assassinado em 17 de outubro deste ano 29/11/2017 às 16:39
Show d5485d70 67d3 4315 9f54 85ec39626f5d
Foto: Divulgação
Dani Brito Manaus (AM)

Antônio Santos de Melo foi preso apontado pela Polícia Civil como o mandante do assassinato do empresário do ramo de carvão Raimundo Souza Batista, 45, assassinado em 17 de outubro deste ano no município de Itacoatiara, a 177 quilômetros de Manaus.

Segundo a Polícia Civil, o crime ocorreu no Km 2 da estrada da Vila Novo Remanso. A vítima foi alvo de um tiro na cabeça e morreu no local. Na ocasião, foram roubados do empresário a quantia de R$ 6 mil, além de três aparelhos celulares.

Durante as investigações, a Polícia Civil apurou que o crime na verdade não era um latrocínio, como havia se pensado antes, mas sim um homicídio. A motivação seria disputa pelo comércio de carvão naquela localidade.

A prisão de Antônio ocorreu nessa terça-feira (28), por policiais civis de Itacoatiara, no bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste da capital. Após a prisão, o infrator foi levado ao município de Itacoatiara, onde deverá permanecer à disposição da Justiça.