Publicidade
Manaus Hoje
DURANTE OPERAÇÃO

Homem é preso ao tentar assaltar ônibus na avenida Autaz Mirim, em Manaus

Segundo a SSP, outros dois suspeitos fugiram. Bairros de Manaus foram alvo da 'Operação Catraca' até a madrugada desta quarta-feira (15) 15/11/2017 às 14:38 - Atualizado em 15/11/2017 às 14:39
Show homem
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

Um homem identificado como Fernando Batista da Silva, 18, foi preso em flagrante na noite de terça-feira (14) durante operação da Polícia Militar contra assaltos a ônibus. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o assalto iria ocorrer no ônibus da linha 600 na avenida Autaz Mirim, no bairro Tancredo Neves, Zona Leste de Manaus. Dois suspeitos fugiram.

Na noite de ontem e madrugada desta quarta-feira (15), bairros de Manaus foram alvos da Operação Catraca, que visa coibir assaltos aos ônibus do transporte coletivo e alternativo, e da Operação Rota Segura, que fiscaliza o transporte de empresas do Polo Industrial de Manaus. Diversas barreiras foram instaladas na cidade. Em uma barreira montada na Avenida Autaz Mirim, os policiais identificaram o assalto no ônibus da linha 600.

Além de Fernando Silva, outros dois infratores participavam do ato. Ao avistarem a barreira policial, eles jogaram os objetos roubados e fugiram.

A prisão foi feita por volta das 22h40 por policiais da 14 CICOM. A polícia investiga o paradeiro dos outros dois assaltantes.

Investigação

No mês de outubro, segundo a SSP, as forças de segurança pública do Amazonas prenderam 214 pessoas por assaltos a ônibus, em Manaus. Desde o mês passado, as operações integradas de segurança foram reforçadas e a Operação Catraca foi reformulada, passando a atuar com barreiras fixas e monitoramento dos veículos com abordagens surpresa.

Segundo a SSP, as mudanças foram determinadas pelo secretário de Segurança e vice-governador, Bosco Saraiva. Com elas, a Operação Catraca intensificou as barreiras de fiscalização nos bairros e passou a adotar as blitze móveis. Só no mês de outubro foram realizadas 2.105 abordagens a ônibus urbanos, 4.235 a mototáxis, 27,7 mil a motos e 3,790 a táxis.

O número de prisões de envolvidos em assaltos a ônibus cresceu 336%, em outubro, na comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com os dados da SSP, entre janeiro e outubro de 2017, foram feitas 1.242 prisões em decorrência do crime. Em todo o ano de 2016, foram 518 prisões.