Publicidade
Manaus Hoje
assassinato

Jovem é executado com 8 tiros e família suspeita de namorada, mulher de presidiário

Parentes da vítima suspeitam que a mulher tenha levado a vítima para ser morto após sofrer algum tipo de pressão por parte do marido criminoso. Moradores do local relataram à reportagem que acharam esquisito o comportamento dela diante da execução 21/04/2016 às 14:26
Show mar
Após ser encontrado, o corpo de Marquinhos foi retirado da cena do crime por peritos do Instituto Médico Legal (Foto: Gilson Mello)
Joana Queiroz Manaus (AM)

O estudante Marcos Antônio Souza Corrêa, também conhecido como "Marquinhos", de 19 anos, foi executado com pelo menos oito tiros por volta das 9h30 desta quinta-feira (21),  por dois homens ainda não identificados. 

O crime aconteceu em um beco, na rua 13 do conjunto Vila Nova, na Zona Norte de Manaus, e foi supostamente premeditado pela namorada da vítima, identificada como Suelem de Assis Caetano. 

Parentes da vítima disseram que Suelen é também mulher de um traficante, que está atualmente preso, e eles suspeitam que ela tenha levado Marquinhos para ser morto após sofrer algum tipo de pressão por parte do criminoso.

Moradores do local relataram à reportagem que acharam esquisito o comportamento da mulher, que não esboçou nenhuma reação diante do crime. "Ela correu, sentou na calçada e depois perguntou se ele tinha mesmo morrido",  contou um morador da área, que pediu para não ser identificado.