Publicidade
Manaus Hoje
CHACINA

Saiba quem são as seis vítimas fatais da chacina no CSU da Compensa

“Eles (irmãos) eram pessoas do bem, trabalhavam e em noites de terça-feira iam jogar bola”, disse familiar de duas vítimas 13/12/2017 às 12:23 - Atualizado em 13/12/2017 às 16:01
Show 1513182133358687
Na ordem, Rodrigo, Ronaldo, Michel e David (Foto: Reprodução/internet)
Dani Brito Manaus (AM)

Os corpos dos irmãos Rodrigo Oliveira de Souza, 24, e Ronaldo Oliveira de Souza, 23, e do gerente David Costa da Silva, 27, foram velados em uma igreja evangélica localizada no bairro Compensa 2, na Zona Oeste de Manaus, na manhã de hoje. Os três eram amigos e foram mortos na chacina que vitimou seis pessoas fatalmente, além de deixar mais nove feridos, durante a noite dessa terça-feira (12), no campo de futebol do Centro Social Urbano (CSU) da Compensa.

Além deles, também morreram Michel de Sena Passos, 33, Edilson Xavier Diniz Júnior, 24, e o estudante José Diego Sena Serrão, 17 anos. Entre os nove feridos, os que já receberam alta médica são Fabiano de Freitas, 37, Rodrigo de Souza Ferreira de Oliveira, Jander Almeida, Kennedy Andrade Alves, 30 anos, Janson da Costa Pimenta, de 29 anos, e outros dois não identificados. Os feridos ainda hospitalizados são Jefferson de Souza Brandão e um adolescente de 16 anos.


Foto: Jander Robson

De acordo com familiares de Rodrigo, Ronaldo e David, os três eram trabalhadores e não tinham envolvimento com crimes. “Eles (irmãos) eram pessoas do bem, trabalhavam e em noites de terça-feira iam jogar bola. Estavam procurando outras pessoas, mas acabaram matando inocente”, disse a irmã de Ronaldo e Rodrigo, Ana Carolina Souza, 19.

Já David trabalhava como gerente em uma rede de supermercados e tinha ido ao local para cobrir a falta de outro jogador. “Ele já estava indo dormir quando foram chamar ele pra jogar. Mais tarde soubemos do tiroteio e quando corremos para lá, vimos o meu irmão caído no chão morto”, revelou a irmã de David, Joina Sabóia, 28. Os corpos deverão ser enterrados ainda na tarde de hoje em um cemitério da cidade.

Diversos tiros

A chacina no CSU da Compensa aconteceu por volta das 22h de ontem. Um bando armado chegou ao local e fez diversos disparos de fuzil em direção ao campo de futebol, onde ocorria um treino de times do bairro. Ao todo, 15 pessoas foram baleadas, sendo que seis morreram e nove ficaram feridos. Após os disparos, o grupo de criminosos fugiu em dois carros tipo picape.

O delegado Juan Valério, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), informou que desde a noite de ontem (12) equipes já estão campo para tentar identificar os envolvidos e motivação. “Ainda não sabemos se as mortes estão relacionadas a briga interna da facção Família do Norte (FDN), briga entre facções rivais, no caso PCC contra FDN, ou até mesmo se há envolvidos do sistema prisional. Estamos montando uma força tarefa para dar uma resposta a população de Manaus o mais breve possível”, disse.