Publicidade
Manaus Hoje
GOLPISTAS

Suspeitos de aplicar golpe contra a prefeitura de Eirunepé são presos no Aeroporto

O delegado titular do DRCO, Guilherme Torres, adiantou que outro inquérito será aberto para apurar a possível participação de outras pessoas no crime 20/03/2017 às 10:47 - Atualizado em 20/03/2017 às 11:32
Show 7987988749887
(Foto: Gilson Mello)
Oswaldo Neto Manaus (AM)

Dois homens foram presos na tarde deste domingo (19) no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes com mais de R$ 17 mil. Os suspeitos, identificados como Sebastião Nunes de Freitas, 49, e Lucélio Cabral, 43, são suspeitos de tentar aplicar golpe contra a prefeitura de Eirunepé (município 1.160 quilômetros de Manaus). A Polícia Civil investiga a participação de outras pessoas no crime.

Segundo o Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), o golpe iniciou no dia 10 deste mês. Um dos suspeitos, Sebastião Freitas, teria ligado para a prefeitura de Eirunepé oferecendo R$ 300 mil para investir no município em troca de uma contrapartida de R 60 mil.

Após a quantia de R$ 300 mil ser entregue, a vítima, um funcionário da prefeitura, constatou que se tratava de dinheiro falso. A partir daí, a vítima fez buscas pelo suspeito e neste domingo encontrou o homem no saguão do aeroporto.

Eles foram presos pela Polícia Federal e conduzido ao 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP) juntamente com Lucélio e a quantia de R$ 17.610, apreendido pela polícia. Os suspeitos devem responder pelos crimes de estelionato e falsificação de dinheiro nacional.

O delegado titular do DRCO, Guilherme Torres, adiantou que outro inquérito será aberto para apurar a possível participação de outras pessoas no crime, inclusive do assessor da prefeitura, que não teve o nome divulgado.

"Se houve um suposto convênio, existem instruções normativas do Tribunal de Contas e do Governo que devem ser seguidas. Se essa transação foi feita com dinheiro público, vamos apurar os indícios de lavagem de dinheiro e crime contra a administração pública".