Publicidade
Interior
EM ATIVIDADE

Começam os trabalhos para a implantação da rota e sinalização turística de Borba

Essas medidas visam ampliar a oferta de produtos turísticos do município, que faz parte do novo Mapa Turístico do Brasil 14/11/2017 às 17:27 - Atualizado em 14/11/2017 às 18:37
Show igreja
Fotos: Francisco Girão/Amazonastur
acritica.com Manaus (AM)

Os estudos e levantamentos para a implantação da rota e da sinalização turística do município de Borba (a 151 quilômetros de Manaus), realizados pelo Governo do Estado, iniciaram na última semana. Esses trabalhos visam ampliar a oferta de produtos turísticos do município, que agora faz parte das 30 cidades amazonenses presentes no novo Mapa Turístico do Brasil.

Em Borba, os técnicos da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), que foram acompanhados pelo vice-prefeito e secretário de turismo, Antonio Maia Cidade, conheceram e visitaram os principais pontos turísticos do município, como a Basílica de Santo Antônio, Largo de Santo Antônio, Balneário do Lira, entre outros.

De acordo com o vice-prefeito, o início dos trabalhos foram extremamente proveitosos para o município. “Sem dúvidas só temos a ganhar com esse apoio da Amazonastur. Queremos colocar de vez Borba na rota do turismo religioso, cultural e natural do Amazonas, fomentando o setor de serviços, hotelaria e gastronomia”, disse Antonio Cidade.

Sinalização e roteiro turístico

Um dos pleitos da Prefeitura de Borba ao Governo do Estado é a implantação da sinalização turística de padrão internacional. “O objetivo da sinalização turística vertical é identificar e deixar o turista bem informado quanto aos atrativos turísticos existentes e auxiliar o usuário quanto à função do espaço público, seja ele de cunho religioso, militar, histórico ou cultural”, relatou a engenheira da Amazonastur, Adriana Pimentel.

A sugestão de roteiro turístico, mediante visita técnica aos atrativos naturais e culturais do município de Borba, ficou distribuída conforme as coordenadas geográficas dos atrativos. “Para o ordenamento do turismo, sugerimos uma Oficina de Turismo Religioso, com sensibilização e planejamento sobre os temas Turismo religioso, Educação Ambiental, Turismo no Amazonas, Legislação Turística, Atendimento ao Turista, entre outros”, disse o professor Francisco Girão, técnico da Amazonastur.