Publicidade
Interior
BARCELOS

Justiça manda construir presídio no município de Barcelos, no AM

Juíza atendeu pedido do Ministério Público, que denuncia uso da carceragem de delegacia para abrigar presos condenados 12/04/2018 às 10:22
Show barcelos
Foto: Divulgação
acritica.com

A Justiça do Amazonas concedeu uma liminar ao Ministério Público do Amazonas (MP-AM) e determinou que o Governo do Estado adote providências para construir um presídio no município de Barcelos. A decisão proferida pela juíza Tânia Mara Granito atende a pedido da Promotoria de Justiça daquele município, localizado a 401 quilômetros de Manaus, diante do uso da carceragem da delegacia de polícia para abrigar presos condenados pela Justiça.

O titular da Promotoria de Justiça de Barcelos, Márcio Pereira de Mello, ajuizou a Ação Civil Pública com pedido de liminar em face do Estado do Amazonas diante da inexistência de unidade prisional que atenda minimamente os presos provisórios e definitivos da Justiça na Comarca de Barcelos.

Os presos, segundo o MP, permanecem na carceragem da Delegacia de Polícia, local que não possui a mínima estrutura física, de pessoal e de material, para funcionamento como presídio, privados dos direitos básicos de alimentação, higiene, recreação e atendimentos médico, odontológico, jurídico, psicológico e assistencial, em total desrespeito à Lei de Execuções Penais.

A decisão liminar determina ao Estado do Amazonas que, no prazo de 120 dias, apresente todas as providências que adotará para a construção de uma unidade prisional no município de Barcelos, com cronograma de execução em prazo não superior a dois anos, sob pena de pagamento de multa diária no valor de RS 10.000,00 por descumprimento, a ser revertida para o Fundo Municipal de Segurança Pública.

Publicidade
Publicidade