Publicidade
Interior
Saúde

Unidade Fluvial vai atender mais de 200 comunidades ribeirinhas de Coari

O projeto idealizado pelo prefeito Adail Filho e a vice-prefeita Mayara Pinheiro, que nos primeiros dias de mandato retomaram reparos na embarcação, parados desde 2013. Cerca de R$ 800 mil foram investidos. 24/11/2017 às 17:16
Show pin24
Unidade conta com recepção, serviço de triagem, consultório odontológico, consultório clinico, farmácia, além de um laboratório para exames clínicos básicos
acritica.com*

Na manhã desta sexta-feira, 24 de novembro, atracou no porto de Coari a primeira Unidade Básica de Saúde Fluvial (UBSF) do município. Revitalizada pela prefeitura e com a mesma estrutura de uma UBS tradicional, a embarcação levará atendimento médico e de cidadania para mais de 200 comunidades ribeirinhas da região. As atividades já devem começar na próxima semana.

O projeto foi idealizado pelo prefeito Adail Filho e a vice-prefeita Dra. Mayara Pinheiro já nos primeiros dias de 2017, quando foram retomadas as obras de revitalização da unidade, paradas desde 2013 pela última gestão. Cerca de R$ 800 mil foram investidos pela prefeitura para por o barco em operação.

De acordo com a vice-prefeita Dra. Mayara Pinheiro, a UBSF vem para facilitar a vida do ribeirinho, uma vez que levará atendimento de qualidade para quem vive longe da sede do município. “Existem muitas comunidades em Coari que enfrentam dificuldade logística. Falta acesso, transporte e muitas coisas mais. Por isso, quisemos garantir que os serviços essenciais chegassem até estas pessoas, cuidando com muito carinho da nossa população”, afirmou Mayara.

A UBSF é estruturada com recepção, serviço de triagem, um consultório odontológico, um consultório clinico, uma farmácia, além de um laboratório para exames clínicos básicos, como sangue e urina, e com o resultado sendo entregue na hora, o que irá acabar com a dificuldade que os comunitários têm enfrentado para cuidar de sua saúde.

A primeira viagem da UBS Fluvial que contará com a presença da vice-prefeita que irá auxiliar nos atendimentos dos pacientes com duração de pelo menos nove dias pela Baixo Solimões. 

 

*Com informações da assessoria de imprensa da Prefeitura de Coari

 

Publicidade
Publicidade