Publicidade
Manaus
Manaus

37 adolescentes são resgatados em ação de combate ao trabalho infantil em Manaus

Segundo o superintendente da SRTE-AM, Dermílson Chagas, as vítimas tinham entre 16 e 17 anos e estavam em situações completamente insalubres 12/06/2012 às 19:21
Show 1
Dermilson Chagas afirma que ações de combate ao trabalho infantil serão levadas ao interior do Amazonas
Ana Carolina Barbosa Manaus

A Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Amazonas (SRTE-AM) resgatou 37 adolescentes, nos dias 2 e 3 de junho, em situação de trabalho infantil em postos de lavagens situados em dez bairros de Manaus, durante ação de fiscalização e combate a este tipo de atividade.

Segundo o superintendente da SRTE-AM, Dermílson Chagas, as vítimas tinham entre 16 e 17 anos e estavam em situações completamente insalubres. Participaram da operação 15 auditores fiscais, membros de conselhos tutelares, Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Prefeitura de Manaus além de outros órgãos competentes.

Chagas destacou que os lava-jatos abordados não possuíam Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ). Os proprietários foram encaminhados à SRTE-AM para formalizarem processos para o pagamento de indenização e rescisão aos seus funcionários e aos adolescentes deles retirados.

Já os adolescentes foram levados à Seas, onde funcionários checariam a situação deles de forma individual para apurar se estão freqüentando regularmente as salas de aula ou se as famílias são inscritas em programas sociais como o Bolsa Família. Ficará a cargo da secretaria a adoção das medidas cabíveis após posterior avaliação.

Os dados foram divulgados em coletiva ocorrida na tarde desta terça-feira, 12 de junho, Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil. Dermilson Chagas explica que as ações de combate e orientação não ficarão restritas apenas a Manaus. No próximo dia 27, será realizada uma marcha em Parintins (a 420 quilômetros de Manaus), com a participação de membros dos bois-bumbás Garantido e Caprichoso, para chamar a atenção da sociedade sobre o problema. Em seguida, atos similares serão realizados em Itacoatiara, Manacapuru e outros municípios do interior do Amazonas.