Publicidade
Manaus
Manaus

Ação de combate às irregularidades no abastecimento de água identifica fraudes em 100% dos imóveis investigados no centro de Manaus

Concessionária Águas do Amazonas localizou fraudes nos quatro estabelecimentos comerciais programados para serem fiscalizados nesta quinta-feira (10) 11/05/2012 às 09:57
Show 1
Estabelecimentos identificados com irregularidades comprovadas serão notificados e receberão multas pela prática da fraude
acritica.com Manaus

A Águas do Amazonas divulgou o balanço da operação de fiscalização de ligações clandestinas realizada nesta quinta-feira (10). Durante a ação uma lavanderia, dois hotéis e um prédio comercial, onde funciona um ‘cursinho’ foram detectadas fraudes.

Os imóveis, localizados na área central da cidade, sendo dois nas ruas Quintino Bocaiúva e Leonardo Malcher estavam na programação dos trabalhos das equipes de Combate às Irregularidades da Águas do Amazonas e em todos eles foram encontradas fraudes nas ligações de água.

De acordo com a concessionária, desde janeiro deste ano, são desenvolvidos trabalhos contínuos no Centro de Manaus e o saldo das operações já são 124 imóveis autuados em flagrantes de fraude, descobertos pelas equipes de combate às irregularidades da empresa. Ao todo, sete equipes atuam exclusivamente no Centro da cidade.

Águas do Amazonas destaca que todos os estabelecimentos identificados e que tiveram as irregularidades comprovadas serão notificados e receberão multas pela prática da fraude. Além disso, cada imóvel arcará com o retroativo equivalente aos últimos seis meses das contas de água.

Em adicional, a Águas do Amazonas ressalta que todos os casos identificados de fraude e/ou furto de água são encaminhados para a Polícia para que possa ser lavrado um Boletim de Ocorrência, visto que a prática de fraude e/ou furto de água são crimes que podem ser enquadrados em artigos do Código Penal Brasileiro.

“Para ter dimensão do trabalho, já temos 4.330 ações concretas de imóveis em toda a cidade que já receberam notificações, ou seja, tiveram, de fato, irregularidades comprovadas. Esta é uma média do número de autuações que fazemos mensalmente. Em relação ao Centro, reforçamos que continuaremos percorrendo mais 40 imóveis nas próximas semanas. Estes imóveis também estão sob suspeita de irregularidades”, afirmou o diretor técnico e institucional da Águas do Amazonas.

Todos os imóveis que receberem notificações de irregularidades devem procurar o atendimento da concessionária para promover a regularização de suas ligações. “Queremos que as pessoas se conscientizem que a irregularidade é hoje o que mais prejudica o abastecimento de água em Manaus, provocando diretamente o desequilíbrio do sistema e dificultando a distribuição de água para todas as zonas de Manaus, porque a água produzida e tratada acaba sendo desviada e esta prática de alguns prejudica toda a coletividade. Hoje, mais da metade dos mais de 200 bilhões de litros de água produzidos anualmente pela concessionária são perdidos por conta do elevado desperdício provocado pela fraude e pelo furto”, frisou Sales.

Os imóveis que possuem fraude e furto chegam a consumir até quatro vezes mais água do que o necessário, independente da categoria a que pertençam (residências, comércio e/ou indústria), sem estarem pagando corretamente pelo consumo que possuem.