Publicidade
Manaus
Manaus

Acidente de trânsito deixa motociclista gravemente ferido em Manaus

A motocicleta de Humberto Marques colidiu contra a porta do carro e ele foi jogado aproximadamente dez metros a frente de local onde o carro estava estacionado 28/10/2012 às 12:15
Show 1
O motociclista usava capacete no momento do acidente, mas teve fratura no braço, escoriações no tórax e pernas e um corte profundo na mão direita
Florêncio Mesquita Manaus

Um acidente envolvendo uma motocicleta modelo Pop 100 de placas JXO-4025 e um carro modelo Ford Fistea de placa NQW-7566 deixou o motociclista Humberto Lopes Marques, 37, gravemente ferido na manhã deste domingo (28). O acidente ocorreu por volta de 8h, na avenida André Araújo, em frente ao prédio do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), bairro Aleixo, Zona Centro-Sul.

Segundo a Polícia Militar (PM), a condutora do Ford Fiesta estacionou o veículo no lado direito da via e abriu a porta sem olhar no retrovisor se outro veículo seguia atrás ou na esquerda dela. A motocicleta de Humberto Marques colidiu contra a porta do carro e ele foi jogado aproximadamente dez metros a frente de local onde o carro estava estacionado. No local há uma placa de sinalização indicando estacionamento proibido.

No prédio da sede estadual do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) funciona uma zona eleitoral. A polícia informou que possivelmente a condutora tenha parado para votar naquele local. Agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manautrans) coordenaram o trânsito no local até a retirada dos veículos.

O motociclista usava capacete no momento do acidente, mas teve fratura no braço, escoriações no tórax e pernas e um corte profundo na mão direita. Ele foi socorrido por policiais militares que fizeram a contenção da área. A condutora também ficou no local para prestar socorro à vítima e fornecer informações a Polícia.

Policiais acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) por meio do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops). Humberto ficou deitado na avenida André Araújo aproximadamente 20 minutos até a chegada do socorro médico.