Publicidade
Manaus
Polícia,Tentativa de Homicídio,Facadas,Roubo,DJ,Iann Wenery

Acusado de tentativa de homicídio continua foragido em Manaus

Carlos da Silva Rodrigues Júnior chegou a ser preso pela polícia, além de confessar a tentativa de homicídio contra Iann Wennerry, mas foi liberado por ter sido preso durante o período eleitoral 03/12/2012 às 18:08
Show 1
Ao tentar receber dívida o DJ e técnico em informática foi golpeado com 10 facadas
acritica.com Manaus

Continuam as buscas da polícia para prender Carlos da Silva Rodrigues Júnior, acusado de tentativa de homicídio contra o DJ e técnico em informática Iann Wennerry, no último dia 24 de outubro.

Apesar de ter assumido o crime na ocasião em que foi preso – dois dias após o crime -, Carlos foi liberado em virtude do Código Eleitoral 236, pois a prisão aconteceu no período das eleições do segundo turno.

De acordo com o tio e advogado de Iann, Emanuel Marques de Melo Júnior, a família está na expectativa de que Carlos seja preso a qualquer momento, uma vez que o mandado de prisão preventiva dele e do comparsa, Deivid Andrade Cordeiro, já foi expedido pela Justiça.

Ainda segundo informações de Emanuel, há quatro dias a vítima teve que retornar para Hospital e Pronto Socorro João Lúcio, na Zona Leste de Manaus, em virtude de complicações verificadas no pulmão.

A tentativa de homicídio contra o DJ e técnico em informática aconteceu no último dia 24 de outubro, ocasião em que ele foi receber o dinheiro da venda de um veículo modelo Gol, para Carlos, que lhe desferiu 10 facadas.