Publicidade
Manaus
Manaus

Adesivos ajudam usuários de transporte público em Manaus

Adesivo instalado em algumas paradas, por ONG local, permite a usuários compartilharem informações sobre linhas e pontos 26/02/2012 às 15:27
Show 1
Iniciativa da ONG Trânsito Manaus visa sensibilizar o poder público para que a instalação de placas com as informações das linhas de ônibus seja retomada
CAROLINA SILVA Manaus

Os voluntários da Organização Não-Governamental Trânsito Manaus garantem inovação na película usada para confeccionar o aplicativo que permite aos usuários do transporte coletivo na cidade compartilharem informações sobre as linhas e seus respectivos pontos de parada de ônibus, além do serviço de utilidade pública.

Uma película diferenciada, denominada Scotchcal, impede que os adesivos sejam alvos de quem não apoiar a ideia ou de qualquer desordeiro de plantão.

“Esse tipo de adesivo não permite que as pessoas apaguem as informações que são colocadas nele. E a vantagem é que os usuários podem escrever as linhas que passam por aquela parada com qualquer caneta esferográfica”, explicou Luiz Eduardo Leal, um dos idealizadores da ONG Trânsito Manaus.

De acordo com Luiz Eduardo, o objetivo é sensibilizar o poder público para que a instalação de placas com as informações das linhas de ônibus nos pontos de parada seja retomada.

“Hoje, se o usuário está numa parada que ele não costuma frequentar, ele tem dificuldades para saber que linha passa por ali”, argumentou Luiz Eduardo Leal.

Resistente

O adesivo também é mais resistente às chuvas já que se trata de uma película com espessura mais grossa que os demais tipos do material. Segundo informa Leal, o investimento do grupo de voluntários foi de R$ 1,5 mil para confeccionar um total de 2 mil adesivos.

Mas ele destaca que, até ontem, apenas 30 foram distribuídos em paradas de ônibus localizadas nas avenidas Rodrigo Otávio, Darcy Vargas, Umberto Calderaro (antiga avenida Paraíba) e Ephigênio Salles.

Origem gaúcha

A ideia do adesivo sinalizador veio de Porto Alegre e foi criada por um grupo de publicitários gaúchos.

Próprios usuários vão fiscalizar

Sobre a possibilidade de pessoas informarem de modo errado a numeração das linhas de ônibus, Luiz Eduardo Leal, um dos idealizadores da ONG Trânsito Manaus, ressalta que serão os próprios usuários quem vão fiscalizar as informações e garantir a credibilidade do serviço de utilidade pública criado pela entidade.

 “Talvez não seja definitiva a utilização desses adesivos; esperamos que essa ação chame a atenção do poder público sobre essa carência. Enquanto isso, trata-se de uma fase de teste”, finalizou o membro da ONG O tipo de película usado para a confecção dos adesivos sinalizadores “Que ônibus passa aqui?” da ONG.

Trânsito Manaus é o mesmo usado para o envelopamento de veículos e, por isso é resistente às chuvas, até mesmo a petróleo, e a uma temperatura de até 50 graus. Outra vantagem também apontada pelos idealizadores da iniciativa é a facilidade para a sua aplicação.