Publicidade
Manaus
Polícia, Assassinato, Crime passional, DEHS

Agente funerário mata companheiro da ex-mulher, na Zona Leste de Manaus

Há menos de um ano Ivanoel Alves estava vivendo com ex-mulher de Ronaldo Nunes, que com frequencia ameaçava a vítima de morte 09/03/2012 às 14:11
Show 1
O pedreiro Ivanoel Alves, 32, foi morto com dois tiros, pelo agente funerário Ronaldo Pereira Nunes, que está foragido. O motivo do crime seria passional
Síntia Maciel e Joana Queiroz Manaus

O pedreiro Ivanoel Alves, 32, foi morto com dois tiros por volta das 20h, dessa quinta-feira (8), na rua Sol Nascente, no bairro Grande Vitória, Zona Leste de Manaus, pelo agente funerário Ronaldo Pereira Nunes, que está foragido.

O motivo do crime seria passional.

Há menos de um ano Ivanoel estava vivendo com a ex-companheira de Ronaldo, identificada pela polícia apenas como Jaciane, o que fez com que o agente funerário passasse a ameaçar o pedreiro de morte.

Nessa quinta-feira, ao saber que a vítima estava em um campo de futebol do bairro, Ronaldo foi até o local, iniciou uma discussão com a vítima e em seguida efetuou dois disparos contra o pedreiro.

O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), que na próxima semana começará ouvir familiares da vítima e testemunhas do crime.