Publicidade
Manaus
Manaus

ALE-AM será testada durante eleições deste ano

Compromisso da presidência da Casa é aumentar número de projetos aprovados e garantir Legislativo funcionando bem 31/01/2012 às 10:16
Show 1
Movimento na sede da ALE-AM, nessa segunda-feira (30), era pequeno e mais de funcionários em ritmo de arrumar os gabinetes para a abertura dos trabalhos na quarta-feira (4)
MOARA CABRAL Manaus

Conciliar o processo em torno das eleições municipais e os trabalhos legislativos será o maior desafio dos deputados estaduais que amanhã iniciaram o ano legislativo de 2012. A opinião é do presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), deputado Ricardo Nicolau (PSD).

Pelo menos seis deputados estaduais, de acordo com o presidente da ALE-AM, manifestaram possível interesse participara como candidatos das eleições deste ano. São eles: Wilson Lisboa (PCdoB), Sidney Leite (DEM), Vicente Lopes (PMDB) e Francisco Souza (PSC). Todos eles, provavelmente, concorrerão às prefeituras no interior do Estado.

Lisboa é pré-candidato a prefeito de Fonte Boa; Leite, de Maués; Lopes de Presidente Figueiredo; e Souza, de Iranbuda. Os deputados Marcelo Ramos (PSB) e José Ricardo (PT) são apontados por NIcolau como prováveis candidatos a vice-prefeito de Manaus.

O primeiro numa chapa encabeçada por Serafim Correa (PSB), e o segundo, em eventual candidatura do deputado federal Francisco Praciano (PT). Ricardo Nicolau informou ainda que a Assembleia Legislativa como instituição não terá participação nas eleições municipais este ano e que a participação é individual de cada deputado.

“A Assembleia não vai ter nenhuma participação institucional, a participação é individual”, salientou. Para o presidente da ALE-AM, é importante que as Comissões coloquem os projetos em condições de serem votados, a fim de que não haja atraso nos trabalhos.

Ele disse esperar que este ano mais projetos sejam aprovados pela Casa. “Em 2011 aprovamos mais de 200 projetos e, este ano, queremos superar esse número. Já temos três projetos do Ministério Público e os da Assembleia em tramitação”, antecipou.

O deputado José Ricardo informou nessa segunda-feira (30), que até esse momento o PT não definiu se lançará candidatura própria ou se apoiará o nome de um outro. Aproveitou para mais uma vez defender a candidatura de Francisco Praciano à Prefeitura de Manaus e disse que se o nome dele for cogitado estará à disposição do partido.

“Não tem nada disso, de eu ser vice de Praciano, mas se meu nome fosse cogitado estaria a disposição do partido, como tenho feito”, explicou o petista. Na mesma direção é a fala do socialista Marcelo Ramos.

Ele disse que a candidatura dele a vice-prefeito é uma possibilidade, mas “não tem nada em definitivo” e avisou que caso seja candidato vai cumprir o horário de trabalho normal. “Se eu sair candidato à qualquer coisa ainda é uma possibilidade e continuarei fazendo com já fiz em outras vezes que disputei eleições, farei a campanha fora do horário de trabalho na Assembleia”, garantiu.

Prefeitura lista propostas

Em entrevista coletiva no dia 27, o prefeito Amazonino Mendes (PDT) adiantou alguns dos temas da mensagem dele à Câmara Municipal de Manaus (CMM) na abertura dos trabalhos legislativos no dia 6 próximo.

Segundo o prefeito, a Prefeitura pretende este ano completar o projeto de implantação do corredor ecológico e viário do Igarapé do Mindu, executar a segunda fase da obra de revitalização da praia da Ponta Negra e finalizar a construção das Casas da Saúde. Amazonino disse que vai tratar na mensagem dos planos para continuar com as reformas de escolas e do projeto para implantar pontos de acesso à Internet em todas as zonas da cidade: “Manaus vai ser uma das poucas cidades brasileiras toda digital”, prometeu.

Planos para os municípios

Reforçar a presença da Assembleia legislativa (ALE-AM) no interior do Estado em 2012 é uma das tarefas que a presidência da Casa afirma que vai realizar. “Vamos propiciar assistência técnica aos municípios do interior”, disse o deputado Ricardo Nicolau (PSD).

No dia 10 de fevereiro, as 16h na Câmara Municipal de Itacoatiara (distante 175,48 quilômetros de Manaus) a ALE-AM irá fazer a adesão do Centro de Cooperação Técnica do Interior (Ccoti), o qual tem como objetivo, segundo Nicolau, dar assessoria técnica e jurídica, acerca da Lei Orgânica do Municipio, assuntos administrativos das Câmaras Municipais, entre outros.

Nesse ato, os representantes dos municípios da Região Metropolitana de Manaus (RMM) estarão presentes. “A Ccoti vai ajudar as câmaras em assuntos específicos. No primeiro momento vamos fazer um encontro com a RMM e depois estenderemos para outros municípios”, assegurou.