Publicidade
Manaus
Manaus

Alunos-soldados da Polícia Militar do AM recebem instrução de tiro

Até fim de junho os novos PMs estarão nas ruas atuando na segunda fase do Ronda no Bairro 13/04/2012 às 10:12
Show 1
Curso de Formação que está em andamento prevê instrução de tiro, dividida em 35 horas de aulas teóricas e 8 horas de exercício prático.
acritica.com Manaus

Uma turma de 1.847 alunos-soldados está em fase de capacitação técnica realizada pelo Governo do Amazonas, por intermédio da Secretaria Estadual de Segurança Pública. Eles atuarão na nova fase do programa Ronda no Bairro.  A segunda etapa do programa deverá ser implementada ainda no primeiro semestre deste ano.

Curso de Formação que está em andamento prevê instrução de tiro, dividida em 35 horas de aulas teóricas e 8 horas de exercício prático. Segundo o secretário adjunto do Ronda no Bairro, tenente-coronel Amadeu Soares, o diferencial do treinamento está na inclusão do conteúdo repassado aos policiais que atualmente trabalham fazendo a ronda na zona norte de Manaus, onde funciona a primeira etapa do programa de segurança pública.

As aulas acontecem na base da Associação e Clube de Tiro da Amazônia Ocidental (ACTAO) localizada no Km 21 da BR-174 (que liga Manaus a Boa Vista). A área com 350 mil metros quadrados possibilita o treinamento em manuseio de variados tipos de armamentos como revólveres, pistolas, além de armas de uso restrito como metralhadoras e fuzis. “Aqui muitos deles têm o primeiro contato com uma arma. Portanto estamos estudando a proposta de educação continuada. Assim que os PMs se formarem eles voltarão a passar por cursos a cada 3 meses, assim o agente não perderá sua habilidade profissional”, frisou o diretor pedagógico do Campus de Ensino III do Instituto Integrado de Segurança Pública (Iesp), responsável pela formação dos novos policiais militares, tenente-coronel Lúcio Silva.

A formação contínua também é uma das bases do Ronda no Bairro, conforme destacou Amadeu Soares. “O investimento do Governo em treinamento reflete a preocupação do governador Omar Aziz com o policial. Isso é um grande diferencial em relação a tudo que já foi feito na segurança pública do Estado. A valorização do profissional passa por diversos fatores, um deles é a educação continuada”, finalizou.