Publicidade
Manaus
Cotidiano, Justiça, TJAM, CDPM, Fraude, Domingos Jorge Chalub

Alvarás de soltura foram fraudados por mãe de detento, revela desembargador do AM

Liberação da dupla de presidiários do CDPM, conforme desembargador Domingo Chalub, também teria contado com a facilitação de alguém de dentro da unidade prisional 12/04/2012 às 15:42
Show 1
Chalub garantiu durante a coletiva que não há envolvimento de funcionários do TJAM, nos alvarás falsificados
Síntia Maciel e Ana Paula Sena Manaus

A mãe do detento Jerry Adriano Teodósio, cujo nome não foi divulgado, foi a grande responsável pela falsificação dos alvarás de solturas, para ele e o amigo Miguel Vicente de Souza, deixassem o Centro de Detenção Provisória de Manaus (CDPM), localizado no quilômetro 8, da BR-174 (Manaus – Boa Vista), no último sábado (7).

A informação foi dada nesta quinta-feira (12) à tarde, pelo presidente em exercício do  Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), desembargador Domingos Chalub, durante uma coletiva de imprensa.

A juíza que teve as assinaturas falsificadas, nos dois alvarás de solturas, Anagali Marcon Bertazzo , se encontra de férias.

Segundo Chalub, a mãe de Jerry se passou por oficial de Justiça e entregou à documentação no presídio. Ele não descarta a possibilidade de alguém de dentro do presídio também ter facilitado a saída da dupla de presidiários.

“Quem vê os papéis que foram apresentados como sendo os alvarás de soltura percebe que se trata de uma falsificação grosseira. A assinatura da juíza, por sinal está grotesca”, avalia.

Conforme o desembargador, o caso será levado ao conhecimento do Ministério Público Estadual (MPE/AM), para que as medidas cabíveis sejam adotadas.

Ainda segundo ele, a mãe do detento não pode ser punida criminalmente, até que seja comprovado a participação dela na fraude.

A única penalidade cabível à mãe do detento, explicou Domingos Chalub, está prevista na Lei de Execuções Penais (LEP), referente a suspensão de visitas dela ao filho na cadeia.

Tanto Miguel Vicente quanto Jerry Adriano e a sua mãe se encontram foragidos.