Publicidade
Manaus
Manaus

Amazonense reconhecido pelo Guiness Book coapresenta trabalho em Brasília

Criando e desenvolvendo projetos na área esportiva e social desde 1989, Aldenir já beneficiou mais de 30 mil atletas e esportistas no Brasil. 01/07/2012 às 17:26
Show 1
Em Manaus, Aldenir Kniphoff da Rosa teve seu trabalho reconhecido pela ALEAM
--- ---

Apoiado pelo Governo do Amazonas via Secretaria de Estado da Juventude, Desporto e Lazer (Sejel), no último final de semana, o militar Aldenir
Kniphoff da Rosa participou do 2º congresso do Conselho Regional de Educação Física da 7ª Região, em Brasília, com o trabalho intitulado “Amazônia Brasileira, o esporte da educação ao social”.

“Meu objetivo neste congresso é elevar cada vez mais o nome do Amazonas e a bandeira do esporte amazonense”, disse.

Criando e desenvolvendo projetos na área esportiva e social desde 1989, Aldenir já beneficiou mais de 30 mil atletas e esportistas no Brasil. Em 2011, o Instituto Brasileiro Rank Brasil, entidade que registra e homologa recordes, concedeu a Aldenir o título de maior projetista esportivo do Brasil.

Seu currículo é extenso. O militar é graduado em História, Administração de Empresas, Engenharia Mecânica, além de possuir mestrado em Gestão do Esporte, realizado em 2000, no Japão. Ao longo de sua carreira, já são mais de 482 projetos idealizados e executados na área do esporte, sendo 53 deles homologados pelo Rank Brasil e voltados para o Amazonas.

Projetos
Ex-atleta de vários esportes e ex-jogador do Sport Club Internacional, o recordista já criou dois clubes de futebol no Amazonas: o Esporte Clube Asa da Amazônia, que em sua estreia no campeonato estadual profissional se consagrou vice-campeão, e o Esporte Clube de Iranduba da Amazônia que atualmente atende 79 atletas masculinos e 30 femininos. Além do Grupo Irmãos do Esporte, criado com a participação de sete amigos.

Prêmios
No final deste ano, receberá em Londres, o título de maior projetista esportivo do mundo, reconhecido pelo Guiness World Records. Em 2013, ganhará o título de Embaixador da UNICEF do Brasil e da Amazônia, além de outros reconhecimentos da ONU, COI, FIFA, CBF e Ministério dos Esportes.

Voluntariado

Todos os trabalhos são realizados fora do expediente do 2º Grupamento de Engenharia do CMA e nas horas vagas e também conta com o apoio de grandes atletas brasileiros, entre eles, o tetracampeão mundial, Taffarel, o campeão mundial do Grêmio, Paulo Roberto, o campeão cearense, Mirandinha e o campeão brasileiro do Vasco, Wink.
 
“Hoje ser projetista é uma condição de vida. Tenho convicção de que minha missão é contribuir para o desenvolvimento da sociedade através do esporte, por isso nunca vi sentido em cobrar por algum projeto. Acredito que o esporte e a educação são ótimas ferramentas de inclusão social. O que fica é o legado que outros mais jovens irão continuar”, disse Kniph