Publicidade
Manaus
Manaus

Ambulante é morto durante briga na Zona Leste de Manaus

Ele estava bebendo com amigos na rua Dez de Dezembro quando foi surpreendido por trás com tiros 02/02/2014 às 21:05
Show 1
O velório ocorreu em uma igreja na mesma rua do crime, nesse domingo
Vinicius Leal Manaus (AM)

Com oito tiros nas costas, Rafael Araújo da Silva, 20, foi morto na madrugada de sábado, por volta da meia noite, no bairro Grande Vitória, na Zona Leste de Manaus. Ele estava bebendo com amigos na rua Dez de Dezembro quando foi surpreendido por trás com tiros.

Segundo moradores que presenciaram o crime e que não quiseram se identificar, os disparos foram efetuados por um rapaz identificado como Diego, o “GPS”, envolvido com o tráfico de drogas na área. “GPS” teria atirado contra Rafael porque ficou irritado com “Geraldinho”, amigo da vítima.

“O ‘Geraldinho’ ficou fazendo arruaça. Ele estava bêbado, chegou a dar umas tapas no pessoal e até quebrou o vidro de um carro. Aí ele agrediu um amigo do ‘GPS’, que veio tirar satisfação e acabou matando o "Rafael”, disse um morador. “O ‘GPS’ se vingou no Rafael”.

A vítima trabalhava vendendo água e refrigerante em sinais de trânsito e, segundo a família, não era envolvida com crimes. “Ele tinha se matriculado para terminar o ensino médio. Todo mundo aqui está revoltado”, contou a irmã dele, Noemi da Silva Pinheiro, 24.

O velório ocorreu em uma igreja na mesma rua do crime, nesse domingo. O assassinato será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).