Publicidade
Manaus
SUPER FESTA

Ameaça de chuva não desanima público da Ponta Negra na Parada do Orgulho LGBT

A Parada do Orgulho LGBT 2017 começou por volta das 17h e deve seguir até as 22h30 18/11/2017 às 18:33
Show parada
Fotos: Jair Araújo
Silane Souza Manaus (AM)

A ameaça de chuva não afastou o público que veio prestigiar a 17ª edição da Parada do Orgulho de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT). Com o tema “Resistindo aos preconceitos e garantindo a cidadania. Por uma Manaus sem lgbtfobia”, o evento acontece neste sábado (18), no Complexo Turístico da Ponta Negra, na Zona Oeste. 

A programação inclui shows de bandas de ritmos variados em trios elétricos, apresentação das personalidades lésbicas, gays, travestis e drag queens. A Parada do Orgulho LGBT 2017 começou por volta das 17h e deve seguir até as 22h30.

A coordenadora do evento, Bruna La Close, destacou a importância do evento para minimizar todas as formas de violência contra os LGBT. “Nosso trabalho é vir para a rua reivindicar, trabalhar a questão da cidadania, os direitos humanos e sensibilizar as autoridades e a população em geral quanto à população LGBT”, destacou.


Bruna La Close, coordenadora da Parada do Orgulho LGBT em Manaus

O casal Carlos Henrique, 36, e Ingrid Fernandes, 44, sempre que pode leva a família para a Parada. “Viemos pela alegria do evento e trazemos nosso filho para ele desde cedo ter conscientização e no futuro entender que isso é normal e todas as pessoas merecem respeito”, disse Ingrid.

Para o casal Matheus Gabriel, 20, e Wilson Guerreira, 24, eventos como este ajudam a encorajar as pessoas a se assumirem e a lutar pelos seus direitos, bem como sensibilizar a população como um todo. “Todo dia um LGBT está sujeito a preconceito em casa e na rua e já é hora de isso acabar. Todo mundo merece respeito”, afirmou Matheus.

Homenagem

A partir deste ano serão homenageadas personalidades que atuam na luta contra a LGBTfobia e pelo fim do preconceito e discriminação por meio de ações na área jurídica, de promoção à saúde, cultural e social.

Uma das homenageadas com o troféu "Eu respeito a diversidade LGBT", em função do trabalho que executa, é a coordenadora estadual de IST/Aids e Hepatites Virais, Silvana Lima.

A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) e o defensor público Roger Moreira, titular da Defensoria Pública Especializada na Promoção e Defesa dos Direitos Humanos, também estão entre os homenageados.

Distribuição de preservativos

Durante a Parada do Orgulho LGBT 2017, a Coordenação Estadual de IST/Aids e Hepatites Virais da Secretaria Estadual de Saúde (Susam) vai distribuir 60 mil preservativos masculinos, 3 mil femininos e 20 mil géis lubrificantes.

Trânsito

O trânsito foi alterado no Complexo Turístico Ponta Negra para a realização da Parada do Orgulho LGBT, com a circulação de trios elétricos e desfile de participantes. Sessenta agentes de trânsito do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) monitoram a área da Ponta Negra e vias de acesso.

Publicidade
Publicidade