Publicidade
Manaus
Manaus

Apontado como chefe do tráfico no São José 3 é preso e agradece: 'Estava jurado de morte'

No Tribunal de Justiça do Amazonas, Rogério da Silva Gomes - que estava sendo "caçado" por desafetos -  já responde por dois tráficos de drogas e dois roubos. Ele será indiciado por mais um crime de tráfico e associação para o tráfico. 16/04/2015 às 12:30
Show 1
Rogério distribuía drogas e observava a comercialização da sacada de sua residência, de onde tinha uma vista privilegiada
Fábio Oliveira Manaus (AM)

Rogério da Silva Gomes, também conhecido como "Sebo", 30, foi preso em cumprimento a mandando de prisão no bairro São José 3, Zona Leste de Manaus, tarde desta quarta-feira (15). Ele é apontado pela Polícia Civil como suposto comandante do tráfico na região.

Ele estava sendo monitorado há seis meses, conforme afirmou o titular da 3a Seccional Leste, delegado Pablo Geovanni. Segundo ele, após ser detido, "Sebo" deu graças a Deus por ter sido capturado pela polícia.

Ele alegou isso porque estava jurado de morte, dizendo que desafetos estavam tentando matá-lo. De acordo com o delegado, o suspeito é o gerente do tráfico da praça do São José 3.

Ele distribuía a droga e observava a comercialização da sacada de sua residência. "Ele tem uma visão privilegiada da sua residência e ficava só observando", destacou Geovanni.

No site do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM), Rogério já responde por dois tráficos de  drogas e dois roubos. Ele será indiciado por mais um crime de tráfico e associação para o tráfico.