Publicidade
Manaus
Manaus

Após decapitações em presídios, transferências de presos sob ameaças muda rotina de quartel

‘Ronairon’ e ‘Piu Piu’, ex-membros da facção criminosa FDN, estão no quartel do  CPE, o que levou a novas medidas de segurança   18/07/2015 às 11:49
Show 1
Ronairon e Piu Piu foram transferidos como forma de precaução para o quartel do CPE, no conjunto Dom Pedro II
Joana Queiroz Manaus (AM)

A presença dos ex-integrantes da facção criminosa Família do Norte (FDN), Ronairon Moreira Negreiros e Fábio Diego Mattos Oliveira, o “Piu Piu”, no quartel do Comando de Policiamento Especial (CPE), no conjunto Dom Pedro II, Zona Centro-Oeste, levou o comandante da unidade Militar, coronel Cleitmam Coelho, a tomar alguns procedimentos para garantir a segurança dos policiais e também dos dez presos de justiça que estão cumprindo pena no local.


Ronairon e Piu Piu estavam presos no Centro de Detenção Provisória (CDP), no Km 8 da BR-174, e foram transferidos para o CPE no dia 10 deste mês, por determinação do juiz da Vara de Execuções Penais (VEP), Luís Carlos Valois Coelho, porque corriam risco de morte depois que passaram ser considerados como traidores da facção criminosa FDN.


De acordo com o comandante, um dos primeiros procedimentos foi suspender o futebol da comunidade que acontecia todos os dias no final da tarde, no campo do CPE. A medida tem como objetivo evitar que pessoas estranhas adentrem ao quartel para ter contato com os presos. Desde o dia que Ronairon e Piu Piu chegaram ao CPE, a segurança foi reforçada.


O coronel informou que uma viatura da Rocam, que deveria estar fazendo policiamento nas ruas  combatendo a criminalidade, fica parada com a guarnição em frente à cela onde estão os presos 24 horas por dia e a noite e finais de semana uma segunda viatura fica circulando  no perímetro da unidade. O comandante também diminuiu o número de visitante. Cada preso só pode receber a visita de cinco pessoas e também estão sendo instaladas câmeras internas de segurança no quartel.


De acordo com o comandante, as medidas têm como objetivo proteger os policiais lotados na unidade e também os próprios presos. “Tivemos que reforçar a segurança do quartel para prevenir uma possível invasão do próprio grupo dele ou do grupo dos adversários à cela. Não podemos descartar uma possível invasão. Por isso estamos atentos”, disse Cleitmam.O comandante disse ainda que alguns direitos dos presos têm estão sendo tolhidos por falta de estrutura. Desde que chegaram ao quartel, Ronairon e Piu Piu ainda não receberam visitas, inclusive visitas íntimas; também não tomaram banho de sol.

 Mudanças com a execução de ‘Chester’

A transferência de Ronairon e Piu Piu aconteceu três dias depois da execução de seu comparsa, o traficante Winchester Uchôa Cardoso, o “Chester”, que foi decapitado ao dar entrada no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj). ‘Chester’, foi decapitado na tarde do dia 7 deste mês, ao ser transferido do CDP para o sistema fechado do  Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), quilômetro 8, da BR-174. 


No dia 8 de abril deste ano, Chester, Ronarion, e Piu Piu foram presos em um apartamento no bairro de Copacabana no Rio de Janeiro. Com eles a polícia apreendeu 1 quilo de maconha do tipo skank e R$ 5 mil em espécie. No dia 19 de junho o trio veio transferido para Manaus. Segundo informações da Secretaria de Segurança do Estado (SSP-AM), eles faziam a conexão da droga que saia do Amazonas com outros traficantes do Rio de Janeiro.

 Ainda sobre a transferências dos presos para o CPE, o coronel Cleitmam Coelho disse que a unidade não tem muros e que colocar Ronairon e Piu Piu no pátio para o banho de sol é o mesmo que colocá-lo nas ruas. “E se aparecer alguém para atirar contra ele? Ou se ele tentar fugir? Um dos nossos policiais vai abatê-lo”, questionou o comandante”.

Morte de delegado

Ronairon e Piu Piu chegaram a ser presos como suspeitos de participação na morte do delegado da Policia Civil Oscar Cardoso, ocorrido no dia 9 de março de 2014, mas foram colocados em liberdade por falta de provas. De acordo com a polícia Ronairon comanda o tráfico de droga no bairro do Coroado, Zona Leste.