Publicidade
Manaus
REVISTA

Após fuga em massa, Ipat passa por vistoria e objetos proibidos são encontrados

Objetos como armas brancas, celulares, drogas, facões, chips, carregadores, dinheiro e “teresas” foram apreendidos. Segundo a Seap, é o terceiro dia consecutivo de revistas nas unidades prisionais 07/01/2017 às 16:44
Show ipat
Diversos objetos proibidos foram encontrados (Foto: Divulgação)
acrítica.com Manaus (AM)

O Instituto Penal Antônio Trindade, localizado na BR-174, passou por vistoria na manhã deste sábado (7). Segundo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária, diversos objetos como armas brancas, celulares, drogas, facões, chips, carregadores, dinheiro e “teresas” foram apreendidos.

É o terceiro dia consecutivo de revistas nas unidades prisionais de Manaus. Conforme a Seap, o procedimento realizado hoje foi minucioso e resultou na apreensão de materiais ilícitos. Na revista, foram encontradas 68 armas brancas (estoque), 26 celulares, uma porção de entorpecente, dez facões, nove chips de celular, 23 carregadores de celulares, uma quantia de R$ 40 reais e teresas (cortas feitas de lençóis).

De acordo com o órgão, o procedimento é parte do planejamento preventivo desenvolvido pelo Comitê de Gerenciamento de Crise. O principal objetivo é a retirada de materiais ilícitos que poderiam ser usados para desestabilizar a unidade e promover alguma alteração.

O efetivo empregado na revista foi de 190 pessoas, entre servidores da Seap e policiais militares da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam), Companhia Independente de Policiamento com Cães (Cipcães), Batalhão de Choque, Cavalaria, Grupamento Marte, Grupamento Aéreo (Graer), Companhia de Operações Especiais (COE) e Força Tática.

Nesta última semana, a Unidade Prisional do Puraquequara (UPP) e o Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) também passaram por revistas, respectivamente, na última quinta-feira (5) e sexta-feira (6).