Publicidade
Manaus
Manaus

Após mais de um mês de estiagem, chove em Manaus e as temperaturas caem

Última chuva forte registrada pelo Sipam foi em 3 de setembro. Hoje as temperaturas baixaram para a casa dos 20ºC e o céu ficou nublado 06/10/2015 às 14:51
Show 1
Enfim, os manauaras tiveram uma trégua do calor
VINICIUS LEAL E SILANE SOUZA Manaus

GALERIA DE IMAGENS

Após dias seguidos de calor intenso e tempo seco – com direito a nuvens de fumaca devido a incêndios florestais, os manauaras tiveram uma trégua com a forte chuva que caiu sobre a cidade na manhã desta terça-feira (6).

Segundo o Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), o último registro de chuva forte em Manaus foi no dia 3 de setembro, há mais de um mês – o medidor não considera chuvas esparsas. Hoje as temperaturas baixaram para a casa dos 20ºC e o céu ficou nublado.

Conforme o Sipam, para o resto do dia as previsões de temperatura são mínima de 28,8°C e máxima entre 31°C e 33°C, e a umidade relativa do ar deve variar entre 50% a 90%.

Quantidade de água

Até as 10h, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou 7,6 milímetros (mm) de água no medidor localizado na sede do órgão, no bairro Adrianópolis, na Zona Centro-Sul, e ventos de até 31,3 Km/h.


Termômetros chegaram a 27°C. Foto: Winnetou Almeida

Segundo o Sipam, no medidor de chuva do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, Tarumã, Zona Oeste, foram 4,2 mm, com rajadas de vento de 50,4 Km/h às 8h30. No medidor no Aeroporto Ponta Pelada, na Colônia Oliveira Machado, Zona Sul, foram 15 mm de água.

A quantidade de chuva esperada para todo o mês de outubro é entre 75 mm a 130 mm de água, conforme Inmet e Sipam. Entretanto a previsão climática indica chuvas abaixo da média para o trimestre outubro/novembro/dezembro.

De acordo com o Sipam, em outubro também são esperados 79% de umidade relativa do ar e temperaturas mínima de 20,8ºC e máxima de 37,5ºC.

Ocorrências

Entretanto, apesar do alívio sem o calorão, a chuva também trouxe problemas. Duas ocorrências foram registradas na cidade pela Defesa Civil Municipal e pelo Corpo de Bombeiros. Uma delas foi o risco de desabamento de uma árvore na rua Gabriel Gomes, na Colônia Santo Antônio.


Árvore cai sobre fiação e veículos. Foto: Winnetou Almeida

Outra ocorrência foi uma árvore que caiu sobre uma fiação elétrica e veículos na rua Silva Ramos, no Centro, Zona Sul, por volta das 9h. Segundo os órgãos, não teve vítimas devido ao tombamento da árvore, mas um houve princípio de incêndio.

Tanto os bombeiros como uma equipe da Eletrobrás Amazonas Energia e agentes de trânsito do Manaustrans foram acionados para o local.

O proprietário do Fiat Strada de placas OAF-4044, o empresário Jorge de Oliveira, de 55 anos, contou que ele conseguiu frear antes que a árvore caísse sobre o automóvel. Ele saiu sem nenhum arranhão, mas o veículo foi parcialmente atingido pelos galhos.

“O prejuízo vai ser de R$ 3 mil a 5 mil. Agora quem vai arcar? Não tenho seguro. Vou fazer um B.O. e procurar o órgão competente que possa ressarcir o prejuízo. Eu não estava estacionado, estava passando pela rua”, reclamou.