Publicidade
Manaus
Manaus

Após mortes de banhistas, praia da Ponta Negra em Manaus recebe aterro

De acordo com o Implurb, os trabalhos de aterro começaram na manhã de hoje e cerca de dez balsas com carregamento de areia serão utilizadas no processo que estava previsto para o final de setembro, mas devido os registros de vítimas de afogamento, foi adiado 10/10/2012 às 11:51
Show 1
Com banhistas e bebidas demais e segurança de menos nova Ponta Negra já acumula 9 mortes e agora vai receber aterro
acritica.com Manaus (AM)

Após nove ocorrências de mortes por afogamento de banhistas, a Prefeitura de Manaus, por meio do Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb), anunciou em entrevista coletiva à imprensa na manhã desta quinta-feira (13) que a praia perene, parte do complexo da Ponta Negra, na Zona Oeste, vai ser interditada por dez dias para manutenção no local.

De acordo com o Implurb, os trabalhos de aterro começaram na manhã de hoje e cerca de dez balsas com carregamento de areia serão utilizadas no processo que estava previsto para o final de setembro, mas devido os registros de vítimas de afogamento, foi adiado.

O Implurb não apresentou questões técnicas avaliadas e os detalhes que determinaram a interdição do balneário, mas disse que além da manutenção no local, a prefeitura vai “espalhar” placas de orientações para a segurança dos banhistas.

Morte
O adolescente de 17 anos, James Veras da Costa, é uma das recentes vítimas de afogamento na Praia da Ponta Negra.