Publicidade
Manaus
Manaus

Após polícia divulgar imagem, acusado de latrocínio se apresenta em delegacia e vai preso

Luciano de Oliveira, o “Japinha”, confessou ter assassinado o empresário Odair Nepomuceno da Silva durante assalto à loja da vítima, no dia 4 de julho 21/07/2015 às 11:41
Show 1
O acusado cometeu o crime ao lado do parceiro, Daniel Mendes, que já foi preso também
JOANA QUEIROZ Manaus

ASSISTA AO VÍDEO DO ASSALTO

Luciano de Oliveira Siqueira, 19, o “Japinha”, foi preso pela polícia após se apresentar espontaneamente na sede na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) no último sábado (18), em Manaus. Ele é acusado de cometer latrocínio e estava acompanhado de um advogado.

“Japinha” confessou ter assassinado o empresário Odair Nepomuceno da Silva, 48, com um tiro no abdômen durante assalto à loja de material de construção da vítima, no último dia 4 de julho. Odair foi morto na frente do filho, de 23 anos, que por pouco também não morreu. Segundo a família, Odair não reagiu e mesmo assim foi morto.

Entretanto, “Japinha” disse em depoimento à polícia que só matou Odair porque o empresário reagiu à ação criminosa. “Eu o matei porque ele reagiu”, contou. Ele estava com prisão preventiva decretada pela pelo juiz plantonista Eliezer Fernandes Júnior.

“Japinha” pediu perdão da família de Odair dizendo estar arrependido do que fez. Ele afirmou que decidiu se apresentar voluntariamente na sede da DEHS porque sabia que estava sendo procurado. A Polícia Civil divulgou na imprensa, semana passada, a foto de Luciano.


A vítima, Odair, não teria reagido ao assalto

A delegada Sancha Sodré, da DEHS, afirmou que “Japinha” cometeu o latrocínio na companhia de outro homem, identificado como Daniel Mendes de Souza, que já foi preso na semana passada.

Quando a polícia divulgou a imagem de “Japinha”, o delegado Ivo Martins, também da DEHS, disse que Luciano só foi identificado devido às imagens das câmeras de segurança da loja da vítima e através de uma pessoa que comprou um celular roubado por Luciano.

“Japinha” já tinha passagem na polícia por tráfico de drogas e roubo, e desta vez será incluída à ficha dele o crime de latrocínio. Um fato interessante é que Luciano possui uma tatuagem com desenho de palhaço nas costas, o que indicaria ser “matador” de policiais.


Luciano tem tatuagem de palhaço nas costas