Publicidade
Manaus
Polícia, assalto, estupro, Violência Contra a Mulher

Aposentada vítima de estupro e marteladas, em Manaus, não resiste e morre no hospital

Além de ter a casa invadida e assaltada no último sábado (10), mulher de 77 anos foi estuprada e agredida com várias marteladas pela cabeça 12/03/2012 às 09:16
Show 1
Aposentada foi encaminhada para o Pronto-Socorro João Lúcio, na Zona Leste de Manaus
Síntia Maciel Manaus

Após permanecer mais de 24 horas internada no hospital João Lúcio, localizado no bairro São José, Zona Leste de Manaus, em decorrência de um traumatismo craniano, a aposentada Maria Dilma Cardoso, 77, faleceu na manhã desta segunda-feira (12).

A aposentada foi vítima de um assalto em sua residência, localizada na rua Marcos Cavalcante, no bairro Alfredo Nascimento, Zona Norte de Manaus, na madrugada do último sábado (10).

Além de ter a casa invadida e assaltada, Maria Dilma também foi vítima de estupro, bem como foi agredida com várias marteladas pela cabeça.      

Horas após o crime policiais militares da 13ª Companhia Interativa Comunitária (13ª Cicom), prenderam Marco Oliveira da Cruz, suspeito de ter invadido a casa da vítima e praticado os crimes. Uma segunda pessoa que teria agido em companhia de Marco está foragida.

De acordo com uma vizinha de Maria Dilma, que a acompanhava no hospital – e preferiu não se identificar -, o suspeito era morador de rua e a vítima, sempre o ajudava dando comida a ele.

Da casa da aposentada foram levados uma televisão e um aparelho celular. Um homem identificado como Renato Vale de Lima, também foi preso por receptação. Ele foi a pessoa para quem Marco vendeu a televisão roubada.