Publicidade
Manaus
Manaus

Arrecadação municipal soma mais de R$ 2 bi

Essa quantia entrou nos cofres da Prefeitura de Manaus, por meio da Semef, entre janeiro e setembro 05/10/2012 às 07:35
Show 1
Alfredo Paes, titular da Semef
Jornal A Crítica Manaus

 A arrecadação global da Prefeitura de Manaus já acumulou, até setembro, montante de R$ 2,1 bilhões – 21,5% a mais que o mesmo período de 2011. Os dados foram divulgados ontem pela Secretaria Municipal de Finanças (Semef).

Somente em receitas próprias, provindas da arrecadação de tributos municipais, o acumulado já é 17,3% maior que o ano passado, ou seja, R$ 507,9 milhões somados ao longo destes nove meses. O Imposto de Serviço de Qualquer Natureza (ISSQN) somou a maior fatia, R$ 333,4 milhões, seguido do Imposto Sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU), que acumulou R$ 63,4 milhões. A evolução dos tributos neste período foi de 13,6% e 45,8%, respectivamente.

Para o secretário da Semef, Alfredo Paes, apesar da crise nacional, que também reflete no setor de serviço municipal, os números municipais tende a alcançar os R$ 3 bilhões pretendidos no orçamento deste ano.

Sem problemas

Alfredo disse, ainda, que o próximo prefeito não terá problemas  com as finanças da prefeitura. “Daquilo que conhecemos, está tudo sob controle. Vamos trabalhar em conjunto com a equipe de transição do futuro prefeito. O município tem um potencial muito grande de receita. O trabalho tributário é de três a quatro anos. Você não aumenta arrecadação da noite por dia. Temos confiança e segurança que o trabalho que vem sendo na Semef vai dar essa tranquilidade ao novo prefeito”.