Publicidade
Manaus
Manaus

Arsenal de candidatos à Prefeitura de Manaus tem até helicóptero

Além de helicóptero, os prefeituráveis usam carros de som para chegarem aos eleitores na capital amazonense 18/08/2012 às 12:27
Show 1
Sabino Castelo Branco usa helicóptero para atingir maior número de comunidades durante a campaha
Lúcio Pinheiro Manaus

O arsenal utilizado pelos nove candidatos a prefeito de Manaus na guerra pelos votos dos 1.178.120 eleitores do município inclui uma frota de 19 carros e até um helicóptero O deputado federal Sabino Castelo Branco (PTB), pela primeira vez candidato a prefeito, anda caçando votos nas comunidades ribeirinhas de Manaus em helicóptero, modelo Robinson R44. O veiculo, avaliado em R$ 1 milhão, consta da declaração de bens do parlamentar entregue à Justiça Eleitoral.

Segundo o parlamentar, em apenas um fim de semana, consegue percorrer 24 comunidades rurais. “Tem comunidade que nunca viu um candidato. Com o helicóptero, é muito mais fácil chegar até esses locais”, disse Sabino. O deputado federal afirmou que, nas atividades de campanha na área urbana de Manaus, utiliza carro. Mas gostaria de usar o helicóptero.


“Manaus não tem local para pousar um helicóptero. Se tivesse, usaria. O trânsito é ruim. Levei quase uma hora e meia do comitê do partido para a Zona Leste”, comentou o candidato. A estrutura de transporte de Sabino é completada com dois Mitsubishi Pajero, um para o deputado e o outro para a segurança dele, e mais dois veículos utilizados pela equipe de produção da campanha do candidato. Na declaração de bens do deputado à Justiça Eleitoral, ele declarou ser dono também de um veículo Sonata, na montadora Hyundai, ano 2010. Os outros oito candidatos, até agora, contam apenas com carros para as atividades de campanha.

O deputado federal Henrique Oliveira (PR) informou que usa um jipe Troller. “O jipe é aberto, e fica fácil da população ver a gente”, conta o deputado federal. A equipe de campanha do candidato se desloca em cinco Kombis. “Tenho também um carro de som. O resto é voluntário. Não tenho lancha e ainda não fui para a área ribeirinha. Na hora que for, vou ter de alugar uma embarcação”, declarou Henrique. O jipe Troller não consta da declaração de bens apresentada pelo deputado à Justiça.


Carros alugados

A assessoria da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB) informou que a equipe da candidata conta com quatro veículos. Um carro é usado pela senadora, outro pela assessoria e mais dois para a equipe da produtora contratada para a campanha. Todos os veículos utilizados pela equipe da senadora Vanessa são alugados.



Até agora, a candidata não visitou comunidades na área rural de Manaus, informou a assessoria de imprensa da parlamentar. O ex-prefeito Serafim Corrêa (PSB) disse que usa o carro pessoal dele, um Citroen. E a produtora contratada para a campanha usa os veículos da própria empresa, informou o candidato. Mas Serafim pretende reforçar essa estrutura. “Mais para frente vamos alugar um carro maior”, disse o candidato. Serafim contou que tem trabalho nas comunidades ribeirinhas do rio Negro e Solimões. Por isso alugará embarcações para visitar essas localidades. Na declaração de bens, ele informou possuir, além do Citroen, um C4 Pallas.


Gol

Os candidatos Herbert Amazonas (PSTU), Luiz Navarro (PCB) e Jerônimo Maranhão (PMN) usam apenas veículos particulares para realizar as atividades de campanha. Com poucos recursos, eles afirmaram não ter condições de visitar comunidades ribeirinhas. Herbert possui um carro modelo Gol, ano 2001.


“Os outros carros que me acompanham, às vezes, são de companheiros, que se envolvem voluntariamente, já que a candidatura é do partido, não é do Herbert”, disse o candidato.




Um Blazer, da esposa, e um Gol ano 2002/2003, são os dois veículos utilizados por Navarro nesta campanha. “Com eles é que vamos aos bairros fazer reunião. Já fomos aos bairros da Aparecida, Grande Vitória, Raiz, Educandos, Nova Vitória. Mas é preciso ter estrutura grande, bastante dinheiro. Enquanto temos R$ 15 mil, os outros têm R$ 15 milhões. É uma diferença muito grande”, declarou Navarro.


Jerônimo Maranhão (PMN) é proprietário de um carro modelo Gol, ano 2010. “Uso o carro que utilizo para trabalhar. Minha campanha vai ser mais na televisão”, ressaltou o candidato, que participa pela primeira vez de uma disputa eleitoral.

Pauderney e Arthur


Os prefeituráveis Pauderney Avelino (DEM) e Artur Neto (PSDB) usam, respectivamente, um carro modelo Ranger, e uma picape Hilux, da montadora Toyota em suas andanças por votos. As assessorias dos dois candidatos não souberam informa quantos veículos a mais estão à disposição da campanha dos assessorados delas. Pauderney declarou à Justiça Eleitoral ser dono de um veículo Azera (no valor de R$ 103.383,04) e uma caminhonete Triton Mitsubishi (no valor de R$ 96.895,84). Na declaração de bens de Artur, além da Toyota Hilux (R$ 159 mil), há um C4 Pallas, no valor de R$ 36 mil.


Artur colocou na casa dos R$ 5 milhões o limite de gastos nesta campanha. Pauderney estima não gastar mais que R$ 7 milhões. Juntos, os nove candidatos à Prefeitura de Manaus declararam à Justiça limites de gastos de campanha no valor de R$ 40,5 milhões. Apoiada pelo governador Omar Aziz (PSD) e pelo senador Eduardo Braga (PMDB), a senadora Vanessa Grazziotin estimou o maior gasto: R$ 10 milhões. Herbert indicou o menor: R$ 100 mil. Gastar recursos além do limite fixado sujeitará o candidato à multa no valor de 5 a 10 vezes o valor em excesso. 

A frota dos prefeituráveis

Os veículos utilizados pelos candidatos a prefeito de Manaus para os compromissos de campanha expõem a desigualdade de condições financeiras entre os nove concorrentes ao cargo. A frota dos prefeituráveis tem helicóptero, carros de luxo e popular. Apenas um carro Candidato do PSTU a prefeito de Manaus, Herbert Amazonas, declarou à Justiça Eleitoral que possui apenas um carro marca Gol, no valor de R$ 12 mil. 40,5 Milhões de reais É o limite de gastos de campanha informado pelos nove prefeituráveis de Manaus.