Publicidade
Manaus
Manaus

Artur e Vanessa no confronto nas ruas de Manaus

No mesmo dia em que o governador Omar Aziz (PSD) foi, pela primeira vez, para a rua pedir voto para a candidata dele à Prefeitura de Manaus, a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB), o ex-senador Artur Neto (PSDB) afirmou, neste sábado (28), no lançamento oficial da campanha dele, que não precisa de “muleta” e “mão de cacique” para vencer eleição 28/07/2012 às 17:30
Show 1
Políticos visitaram feira e pediram votos do público
Lúcio Pinheiro Manaus

No mesmo dia em que o governador Omar Aziz (PSD) foi, pela primeira vez, para a rua pedir voto para a candidata dele à Prefeitura de Manaus, a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB), o ex-senador Artur Neto (PSDB) afirmou, neste sábado (28), no lançamento oficial da campanha dele, que não precisa de “muleta” e “mão de cacique” para vencer eleição. “Nunca ninguém botou mão no meu ombro. Conheço gente que precisa de muleta para andar. Eu não!”, disse o ex-senador.

Artur repetiu declaração do coordenador de mobilização da campanha de José Serra (PSDB) à Prefeitura de São Paulo, deputado Walter Feldman, que afirmou, no dia 24, que o tucano “não precisa de muletas” nessas eleições, numa referência à participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na campanha do afilhado político dele, Fernando Haddad (PT).


Ao mandar o recado, Artur estava ao lado de ex-secretários municipais e vereadores da base aliada do prefeito de Manaus, Amazonino Mendes (PDT). Mas negou receber qualquer apoio oficial de Amazonino à candidatura dele. “Eles estão livres para apoiar  quem quiser. Se as pessoas estão livres e querem me apoiar, eu pergunto: qual é o candidato que dispensa?”, indagou o candidato tucano, ao chegar na casa de show Companhia do Forró, na Zona Leste de Manaus, onde ocorreu o lançamento de campanha dele.

Também na Zona Leste, no bairro Zumbi, Omar caminhou ao lado de Vanessa e conversou com feirantes. O governador anunciou que, nas horas de folga, se dedicará à campanha da senadora. “No sábado e no domingo, quando não tenho expediente como governador, vou ajudar a Vanessa, para que ela possa fazer uma boa campanha. 

No dia de semana, de trabalho, não. Nós temos muitos projetos dentro do Estado, que precisamos dar andamento e eu preciso acompanhar de perto”, declarou Omar. 

Vanessa afirmou que a presença de Omar na campanha dela agrega força ao projeto de governo que pensa para a Prefeitura de Manaus. “É muito importante o apoio do governador. Mostra qual é nosso objetivo para a cidade de Manaus, que é juntar forças. A prefeitura, o Governo do Estado e o governo da presidente Dilma (Rousseff) juntos, para que a gente possa fazer com que as coisas aconteçam”, afirmou a senadora.

O senador Eduardo Braga, outro padrinho da candidatura de Vanessa, não participou das atividades da prefeiturável.

Veja galeria de imagens