Publicidade
Manaus
Manaus

Assinatura de acordo entre Simens e instituição de ensino insere nova tecnologia em cursos de pós-graduação

Segundo a diretora-presidente da Fucapi, Isa Assef, a parceria com a Siemens e a LH Eletrônica reforça o compromisso da fundação com a melhoria da competitividade das empresas, sempre com foco na inovação 20/04/2012 às 18:29
Show 1
A assinatura do acordo aconteceu durante o Seminário de Produto e Fábrica Virtual, realizado na última quarta-feira, 18/4, no auditório da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa)
acritica.com Manaus

O Acordo de Cooperação Técnica assinado nesta semana entre as empresas Siemens e LH Eletrônica e a Fundação Centro de Análise, Pesquisa e Inovação Tecnológica (Fucapi) possibilita o uso de tecnologias como a plataforma PLM (sigla de Product Lifecycle Management) em cursos de graduação e pós-graduação da instituição de ensino. O acordo também envolve a prestação de serviços de preparação e adequação de empresas para a implantação dos softwares Siemens PLM.

Segundo a diretora-presidente da Fucapi, Isa Assef, a parceria com a Siemens e a LH Eletrônica reforça o compromisso da fundação com a melhoria da competitividade das empresas, sempre com foco na inovação.

A assinatura do acordo aconteceu durante o Seminário de Produto e Fábrica Virtual, realizado na última quarta-feira, 18/4, no auditório da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa). O evento reuniu mais de 500 pessoas, entre acadêmicos, empresários e profissionais, e contou ainda com as presenças do vice-presidente de Operações da Siemens PLM Software, Paulo Leal da Costa, e do sócio-gerente da LH Eletrônica, Leandro Harraquian.

Paulo Leal falou da importância de colocar as ferramentas da Siemens à disposição da faculdade para a formação de mão de obra local. “A porta de entrada para qualquer tipo de tecnologia tem que ser a universidade, que forma a mão de obra. Por essa razão é importante para a Siemens ter essas parcerias locais”, comentou.

O Seminário de Produto e Fábrica Virtual contou ainda com duas palestras que destacaram os softwares PLM e Solid Edge. O engenheiro de controle e automação Renato Pais de Lima explicou o funcionamento do primeiro, cuja simulação de processos envolve criação, simulação e otimização de cenários para ajudar na decisão de investimentos.

O PLM reúne todos os esforços de planejamento, desenho industrial, engenharia, manufatura e manutenção de produtos em uma única plataforma, facilitando a tomada de decisões e o controle de custos, possibilitando o rápido desenvolvimento de produtos mais inovadores. Já o Solid Edge, que auxilia na modelagem de componentes de maneira rápida e flexível, foi abordado pelo engenheiro mecânico Itto Jakson Pires.

E o supervisor de projetos da Coca-Cola, Márcio William Coutinho, apresentou um case de investimento em infra-estrutura com base no alinhamento estratégico, que utilizou um processo de simulação na busca para a solução de problemas.